Disciplina e educação exemplar: estudante da Univates relata vivências em intercâmbio na Áustria

Alan Nieland (25) retornou ao Brasil na última terça-feira (14) após cinco meses em Dornbirn.

0
Intercambista Alan Nieland e Viviane Bichoff, diretora do Departamento de Relações Internacionais da Univates (Foto: Rodrigo Gallas)

A disciplina e educação exemplar dos residentes de Dornbirn, cidade da Áustria, com cerca de 50 mil habitantes, surpreenderam de forma positiva o intercambista Alan Nieland (25). “Eles são muito bem-educados, e sabem muito das leis do país. Sabem o que podem e não podem fazer, e quais são as consequências. Tu não vê ninguém atravessando a rua fora do lugar, ou passando o sinal vermelho”, relata.

Estudante de Comércio Exterior da Universidade do Vale do Taquari — Univates ele retornou na última terça-feira (14) de um intercâmbio de cinco meses. A viagem de estudos foi viabilizado após Nieland passar por uma seleção internacional na FH Vorarlberg – University of Applied Sciences. Ele foi o único brasileiro selecionado para a bolsa de estudos fornecida pelo governo austríaco.


Ouça a entrevista


Vivências na Áustria

Na chegada Nieland comprou um cartão ao valor de 100 euros, com o qual pôde se locomover durante todo o período do intercâmbio, via transporte público, sem necessitar depositar valores adicionais para as passagens. Segundo o lajeadense, a pontualidade é um atributo a ser destacado. “Tudo funcionava muito bem”.

Para Nieland esta foi uma das experiências mais desafiadoras em sua vida, já que na Áustria o idioma é o alemão. “Não sabia o que ia encontrar. Procurei estudar antes de ir para saber o básico para falar.” No entanto, ao chegar a experiência foi mais tranquila do que o imaginava. “Me surpreendi. Falava o básico em alemão e, eles, tentavam me responder em inglês”, conta Nieland, relatando que a dificuldade prevista na comunicação foi parcialmente superada no início do intercâmbio.

Durante o semestre teve aulas de alemão ministradas em inglês, facilitando o contato com a população residente da cidade, que fala somente o idioma do país. Nieland fez sete disciplinas na instituição no curso de International business.

O alojamento era dividido com outros estudantes estrangeiros, mas possuía quarto individual com banheiro. A cozinha era dividida com os demais residentes. Inclusive, conta Nieland, este cômodo foi muito utilizado por ele, que optava cozinhar para reduzir gastos, apesar de ter recebido uma bolsa com a qual pôde pagar todos os custos do intercâmbio.

Nieland enaltece a culinária austríaca. Para ele, é semelhante a brasileira, com muita variedade de carnes, batata e massa. Um dos seus pratos favoritos foi o schnitzel, – uma fatia fina de carne frita em gordura.

No geral os custos com o mercado são baixos na Áustria. “Eu não gastava mais de 12, 13 euros para as compras da semana”. Alguns produtos, entretanto, tem custo alto no país europeu: como carnes e frutas. “Carne foi algo que eu reduzi bastante na minha alimentação”, comenta.

Intercâmbio pela Univates

A diretora do Departamento de Relações Internacionais da Univates, Viviane Bichoff enfatiza o intercâmbio realizado por Nieland ser uma das modalidades mais difíceis de obter. todos os custos da viagem foram pagos via bolsa de estudos oferecida pelo governo austríaco.

Nas modalidades mais comuns o estudante não paga a mensalidade das universidades, mas tem de arcar com os custos de alojamento e comida — um valor mensal estimado de R$ 2 mil a R$ 3 mil.

Viviane informa que a instituição não prioriza regiões ou países. “Entende-se que cada região ou país tem suas particularidades e, isso, é positivo ao acrescentar novas culturas e experiências na nossa entrega para os estudantes e comunidade”, explica, ressaltando a Áustria ser um destino incomum.

Atualmente a Univates trabalha com 28 países. Os intercâmbios são viabilizados por meio de convênio com instituições de Ensino Superior. Países como Portugal, Canadá, Inglaterra, Espanha, Chile e Argentina são os mais procurados pelos alunos.“Temos países que não são tão requisitados, mas que julgamos extremamente importantes para trazer esse contexto cultural diferente do nosso: como Áustria, Letônia e China”, salienta Viviane.

Interessados em realizar intercâmbio pela Univates podem buscar mais informações pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (51) 3714-7000, ramal 5476. RG

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui