Dívida Pública cai 0,68% em setembro e continua abaixo de R$ 5,5 tri

Confira as informações correspondentes das 18h


0
Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

O vencimento de mais de R$ 200 bilhões em títulos públicos vinculados à taxa Selic (juros básicos da economia) fez a Dívida Pública Federal (DPF) cair pela primeira vez desde abril. Segundo números divulgados hoje (27) pelo Tesouro Nacional, a DPF passou de R$ 5,481 trilhões em agosto para R$ 5,443 trilhões em setembro, recuo de 0,68%. O Tesouro, no entanto, prevê que a DPF continuará subindo nos próximos meses. De acordo com o Plano Anual de Financiamento (PAF), apresentado no fim de maio, o estoque da DPF deve encerrar 2021 entre R$ 5,5 trilhões e R$ 5,8 trilhões. A Dívida Pública Mobiliária (em títulos) interna (DPMFi) caiu 0,98%, passando de R$ 5,237 trilhões em agosto para R$ 5,186 trilhões em setembro. No mês passado, o Tesouro resgatou R$ 90,27 bilhões em títulos a mais do que emitiu. Isso se deve ao vencimento de R$ 234,04 bilhões em Letras Financeiras do Tesouro (LFT), título corrigido pela Selic. A queda da DPMFi só não foi maior porque houve a apropriação de R$ 38,72 bilhões em juros. Por meio da apropriação de juros, o governo reconhece, mês a mês, a correção dos juros que incide sobre os títulos e incorpora o valor ao estoque da dívida pública. Fonte: Agência Brasil

Quarta-feira com 25 óbitos e 3.401 novos casos de covid no RS

O Rio Grande do Sul registra nesta quarta-feira (27), 25 óbitos e 3.401 novos casos de covid. Agora, o Estado chega a um total de 1.461.707 casos confirmados. Desses, 1.417.774 são considerados recuperados (96,9%); em acompanhamento, 8.448 casos ativos (0,5%); e 35.389 morreram em decorrência do coronavírus (2,4%). Às 16h30 desta quarta-feira (27), 60,2% dos leitos de UTI do estado estavam ocupados. Eram 1.986 pacientes para 3.301 leitos disponíveis. RC

Lajeado segue aplicando somente segundas doses e doses de reforço nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira (28), Lajeado seguirá aplicando somente segundas doses e doses de reforço para quem está na data de completar o esquema vacinal. Os locais de vacinação são o Posto de Saúde do Centro e o drive-thru do Parque do Imigrante, que funcionam das 8h às 14h. O município aguarda o recebimento de nova remessa de vacinas para retomar a vacinação de primeira dose de adolescentes e adultos. As doses de reforço estão sendo aplicadas em profissionais da saúde e em idosos com 60 anos ou mais que fizeram a segunda dose ou a dose única há pelo menos seis meses, ou seja, até 28 de abril. AI/RC

Prefeitura do Rio de Janeiro publica decreto e libera 100% de público nos estádios

A Prefeitura do Rio de Janeiro publica nesta quarta-feira decreto sem restrição de público em estádios ou outras sedes de competições esportivas. A posição flexibiliza as últimas exigências feitas pelo poder público, que liberava até 50% da capacidade dos locais dos eventos. O decreto passa a vigorar a partir desta quarta-feira. O uso de máscaras dentro dos estádios continua a ser obrigatório. Nesta quarta-feira, o Flamengo enfrenta o Athletico-PR no Maracanã e, pela regra, já poderia se aproveitar da flexibilização. O Vasco estuda a viabilidade do aumento da carga de ingressos do jogo de sexta-feira contra o CSA, em São Januário, que inicialmente havia sido estipulada em 9.500 pessoas. Botafogo e Fluminense só jogam no Rio na próxima semana. Fonte: GE

Dave Halls, diretor assistente de ‘Rust’, diz que não fez inspeção completa na arma que deu a Alec Baldwin

O diretor assistente do longa-metragem “Rust”, Dave Halls, disse em depoimento à polícia que não fez a inspeção completa da arma que entregou a Alec Baldwin antes de ele atirar na diretora da fotografia do filme, publicou o jornal “The New York Times” nesta quarta-feira (27). Dave Halls contou no depoimento que a armeira do filme, Hannah Gutierrez-Reed, entregou a arma aberta para que ele a inspecionasse, mas ele não checou todos os cartuchos, segundo o jornal. “Ele avisou que deveria ter checado todas elas, mas não checou, e não conseguia se lembrar se ele girou o tambor da arma”, diz o registro do depoimento, segundo o “New York Times”. Ele disse que se lembra de ter visto apenas três cartuchos, de acordo com o jornal. Fonte: G1

Pfizer pedirá liberação de vacina contra Covid-19 para crianças à Anvisa

A Pfizer confirmou nesta quarta-feira que solicitará uma autorização para a aplicação da vacina contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos. O pedido será enviado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em novembro, de acordo com a fabricante, que obteve parecer favorável do conselho externo da agência reguladora nos Estados Unidos para a vacinação desta faixa etária, mas a liberação ainda depende de aval. A empresa não informou a data de quando enviará o pedido. Fonte: Correio do Povo

Argentina reabre fronteira com o Brasil em Uruguaiana 

O governo argentino decidiu reabrir parcialmente, nesta quarta-feira (27), a fronteira entre as cidades de Uruguaiana, na Região da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, e de Paso de Los Libres, que fica no país vizinho. Ela estava fechada desde março deste ano. Com isso, desde às 8h, somente pessoas que têm residência na Argentina ou turistas que vivem em países vizinhos voltaram a poder ingressar no país a partir de Uruguaiana. O limite diário de público que pode fazer a travessia é de 300 pessoas. Fonte: G1

Governo do RS autoriza segunda dose com Pfizer para quem tomou primeira com Astrazeneca

A Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul (SES-RS) autorizou, nesta terça-feira, que pessoas vacinadas com primeira dose de AstraZeneca e que estejam com a segunda em atraso, mais do que oito semanas de intervalo, possam receber a segunda dose com a vacina da Pfizer. A demanda surgiu em virtude do desabastecimento da Astrazeneca reportado por algumas cidades. O assunto foi pauta de reunião extraordinária da SES com representantes das secretarias municipais de saúde. A chefe da divisão de vigilância epidemiológica da SES, Tani Ranieri, ressalta que esse tipo de intercambialidade já possui segurança comprovada por evidências científicas. Fonte: Correio do Pov

Minas rescinde contrato com central Maurício Souza

Maurício Souza não é mais atleta do Minas Tênis Clube. O clube confirmou a rescisão de contrato com o atleta nesta quarta-feira. A decisão aconteceu após a repercussão, nos últimos dias, das postagens de teor homofóbico realizadas pelo atleta. O jogador estava afastado das atividades do clube desde ontem e também foi multado. As ações aconteceram após pressão dos patrocinadores para que o Minas tomasse “medidas cabíveis” em relação às postagens do central em sua rede social.

Na noite de terça-feira, o atleta utilizou uma rede social diferente para fazer uma retratação pública. O clube belo-horizontino usou a conta própria para dar mais visibilidade à mensagem e considerava que, a retratação pública, pedida, tinha sido realizada. Contudo, houve insatisfação de uma das patrocinadoras. A vontade das patrocinadoras era que o atleta apagasse as postagens, além de pedir desculpas no mesmo espaço que realizou as postagens. A situação também repercutiu de maneira negativa com os próprios colegas de equipe do central. Nesta quarta-feira, o jogador postou um vídeo, na mesma rede social que realizou as postagens de teor homofóbico. O atleta pediu desculpas “a quem se sentiu ofendido” e disse que “seguirá defendendo o que acredita”. O vídeo incomodou não só as patrocinadoras, como também o clube. No momento que o vídeo foi divulgado, a diretoria do Minas estava em reunião para definição do futuro do atleta. Minutos depois que o vídeo foi postado pelo atleta, o clube confirmou o fim do vínculo com o atleta, que iria até o final da atual temporada. Fonte: GE

Prefeitura do Rio de Janeiro publica decreto e libera 100% de público nos estádios

A Prefeitura do Rio de Janeiro publicou nesta quarta-feira decreto sem restrição de público em estádios ou outras sedes de competições esportivas. A posição flexibiliza as últimas exigências feitas pelo poder público, que liberava até 50% da capacidade dos locais dos eventos. O decreto passa a vigorar a partir desta quarta-feira. De acordo com o decreto, considera-se o esquema vacinal completo pessoas acima de 60 anos, após 14 dias da dose de reforço, e pessoas de 15 a 59 anos, após 14 dias da segunda dose da vacina. O uso de máscaras dentro dos estádios continua a ser obrigatório. Nesta quarta-feira, o Flamengo enfrenta o Athletico-PR no Maracanã e, pela regra, já poderia se aproveitar da flexibilização. O Vasco estuda a viabilidade do aumento da carga de ingressos do jogo de sexta-feira contra o CSA, em São Januário, que inicialmente havia sido estipulada em 9.500 pessoas. Botafogo e Fluminense só jogam no Rio na próxima semana. Fonte: GE

Governador vai sancionar nesta quarta e publicar na quinta lei que flexibiliza uso de máscaras no RJ

O Governo do Rio de Janeiro informou que o governador Cláudio Castro vai sancionar nesta quarta-feira (27) a lei que flexibiliza e regula o uso de máscaras de proteção facial contra a Covid no estado. Segundo a assessoria de imprensa do governo, a decisão será publicada no Diário Oficial de quinta-feira (28). A aprovação do projeto de lei pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), em discussão única, foi na terça (27). Fonte: G1

Produção e apresentação: Rita de Cássia

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui