DML de Lajeado acumula seis corpos sem identificação oficial

Entre os corpos ainda não identificados está o retirado das águas do Rio Taquari na tarde da última quarta-feira (29).


0

O Departamento Médico Legal (DML) de Lajeado acumula seis corpos que necessitam de identificação. A meia dúzia de cadáveres está armazenada no necrotério, em uma câmara fria preparada para receber dois corpos.

Trata-se dos seguintes mortos: homicídio ocorrido na madrugada do dia 29 de junho, quando o corpo da vítima foi carbonizado no porta-malas de um carro, no Bairro Jardim do Cedro, em Lajeado; as três pessoas que morreram carbonizadas na noite do dia 9 de julho, no interior de Cruzeiro do Sul; uma ossada encontrada em meio a vegetação, na localidade de Santa Rita em Estrela no dia 26 de julho; e o corpo retirado das águas do Rio Taquari na tarde da última quarta-feira (29), em Estrela.

Todos os corpos tiveram material colhido para realização da identificação via exame papiloscópico ou DNA. MS


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui