Docile Alimentos conquista Prêmio Exportação RS

Empresa com origem em Lajeado já atua em mais de 60 países, nos cinco continentes.


0
Foto: Divulgação

O desempenho da Docile Alimentos no mercado externo rende à empresa, pelo terceiro ano seguido, a conquista do Prêmio Exportação RS. Os vencedores da 48ª edição serão reconhecidos no dia 1º de dezembro, a partir das 17h, no Parque da ADVB/RS, em Porto Alegre. O evento terá transmissão ao vivo e tradução em português e inglês.

Perto de completar 30 anos de história, a Docile Alimentos vem consolidando, ano a ano, sua presença no mercado externo. Empresa 100% brasileira com origem em Lajeado, já atua em mais de 60 países, nos cinco continentes. O sucesso global se deve, principalmente, ao reposicionamento da marca no mercado externo, adotando a estratégia de diversificação de mercados e produtos. Prova desse fortalecimento é que, em setembro, em plena crise mundial provocada pela pandemia da Covid-19, a Docile atingiu faturamento histórico tanto no mercado externo quanto no interno.

Considerado o maior evento do segmento do país, o Prêmio Exportação RS distingue empresas que obtiveram os melhores resultados mercadológicos e desenvolveram estratégias inovadoras para expor e comercializar seus produtos no mercado internacional.

A Docile investe de forma constante para isso e um dos diferenciais da marca para o cliente de fora é a customização de produtos e embalagens, alterando apresentações, cores e sabores, gerando, assim, uma maior afinidade com seus consumidores.

Além disso, a empresa adota boas práticas de fabricação, sendo detentora das certificações de Segurança de Alimentos (FSSC 22000), de Qualidade (ISO 9001), de Responsabilidade Social (Smeta) e Certificação Halal.

“O prêmio é o reconhecimento do quanto a Docile investe para produzir doces de extrema qualidade e atender às necessidades e expectativas dos nossos clientes. Ainda temos muito mercado a explorar e vamos em busca desse objetivo em 2021, projetando um crescimento de 25% em vendas para o exterior”, destaca Cristian Ahlert, gerente de exportação da Docile.

Líder na produção de pastilhas na América Latina e com 20 anos de exportação, a Docile está atenta ao potencial global de candies. A empresa pretende dobrar o faturamento para o mercado externo nos próximos três anos, com estratégias específicas de incremento nos países para os quais já exporta, especialmente das Américas e da Europa, e expansão de sua atuação na África, no Oriente Médio e na Ásia. AI/RC

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui