Documento na CPI mostra que Pfizer procurou embaixada do Brasil em agosto para ter resposta sobre oferta de vacina

Confiras as informações do programa Correspondente Independente do meio-dia


0
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Em 27 de agosto do ano passado, a Pfizer procurou a embaixada brasileira em Washington (EUA) para pedir ajuda junto ao governo brasileiro para obter uma resposta sobre a compra dos imunizantes pelo Brasil. A informação foi repassada pela embaixada ao Itamaraty, que recebeu a informação no dia seguinte. O documento sigiloso foi enviado à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, no Senado, e obtido pela TV Globo. A comunicação da embaixada afirma que “dirigentes da Pfizer ressaltaram ao Posto a importância de que o governo brasileiro manifeste interesse pela compra da vacina até 29/8, com base em proposta comercial apresentada aos Ministérios da Saúde e da Economia em 14/8”. G1

Brasil volta a passar a Índia em mortes diárias por Covid

O Brasil voltou a passar a Índia em número de mortes diárias por Covid-19, apontam dados do “Our World in Data”, projeto ligado à Universidade de Oxford. O Brasil foi quem mais registrou novas vítimas do coronavírus no mundo na terça (8) e na quarta (9). Foram 2.378 e 2.723 óbitos, respectivamente, contra 2.219 e 2.177 da Índia. Nesta quinta-feira (10), a Índia registrou 6.148 vítimas da Covid-19 em 24 horas, um novo recorde mundial, após o estado de Bihar, um dos mais pobres do país, revisar seu número de óbitos. G1

UTIs lotadas por pacientes Covid-19 no Norte do RS

A titular da 2ª Coordenadoria Regional de Saúde (2ª CRS) de Frederico Westphalen, Marly Vendrusculo, informou que as três UTIs existentes nos 26 municípios do órgão regional estão lotadas por pacientes Covid-19. As unidades de Terapia Intensiva estão localizadas no Hospital Divina Providência (HDP) de Frederico Westphalen, no Hospital Santo Antônio (HSA) de Tenente Portela e no Hospital de Caridade (HC) de Três Passos. “Estamos num dos momentos mais graves desde que iniciou a pandemia, com UTIs lotadas e um crescimento diário do número de pessoas infectadas”, disse. Ela afirma que, neste momento de agravamento da situação, as prefeituras deveriam tomar medidas mais restritivas e aumentar a fiscalização, para que se evitem aglomerações e sejam respeitadas as orientações das autoridades da área da saúde. Correio do Povo

EUA anuncia doação de 500 milhões de doses da Pfizer para países pobres; Brasil fica de fora

O governo dos Estados Unidos assinou um acordo com a farmacêutica Pfizer para fornecer 500 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 para 92 países pobres até junho de 2022, anunciou nesta quinta-feira (10) a Casa Branca em um comunicado. Os imunizantes serão entregues por meio da aliança Covax Facility, da Organização Mundial da Saúde (OMS), para países de baixa renda e de renda “médio-baixa”, como Afeganistão, Angola e Síria, segundo o consórcio. Eles receberão as doses até o próximo ano. O Brasil ficou de fora desta distribuição porque, apesar de fazer parte da Covax, é considerado um país que pode comprar suas próprias vacinas. Ao lado do Brasil estão cerca de 80 países, como Argentina, Canadá e Reino Unido. G1

PIS-Pasep 2020-2021: mais de 700 mil trabalhadores ainda não sacaram o abono salarial; veja quem tem direito

Mais de 700 mil brasileiros não sacaram ainda aproximadamente R$ 440 milhões do abono salarial PIS-Pasep 2020-2021. Os trabalhadores com direito ao benefício têm até o dia 30 de junho para realizar o saque. No caso do PIS, que é pago para trabalhadores da iniciativa privada, mais de 560 mil trabalhadores não sacaram o benefício, no valor total de R$ 328 milhões, segundo informou a Caixa Econômica Federal na segunda-feira (7). Quanto ao Pasep, que é pago pelo Banco Brasil para trabalhadores do setor público, cerca de 200 mil ainda não sacaram o abono, no que totaliza saldo de R$ 120 milhões, de acordo com o banco. O calendário de pagamentos começou ainda em 2020 e leva em consideração o mês de nascimento e o número final da inscrição. G1

Produção e apresentação: Caroline Silva.
Próxima edição: hoje, às 18.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui