Dois homens são presos por crime de pedofilia em Canoas

Um dos suspeitos detidos é acusado de abusar de duas enteadas e armazenar conteúdo no telefone celular


0

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Canoas realizou mais duas prisões nesta terça-feira (23), durante a sexta fase da Operação Inocência. A ação, que conta com a atuação também do Instituto-Geral de Perícias (IGP), visa combater a pedofilia e a exploração sexual infantil pela internet.

Houve o cumprimento de quatro ordens judiciais de busca e apreensão e uma de prisão preventiva em Canoas, Cachoeirinha e Novo Hamburgo. As investigações começaram há três meses. Um dos suspeitos detidos é acusado de abusar de duas enteadas e armazenar conteúdo no telefone celular. Mídias, computadores, aparelhos telefônicos e anabolizantes foram recolhidos após perícia nos locais das ordens judiciais. CC


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui