Domingo sem óbitos e casos de Covid-19 confirmados para o Vale do Taquari

É a primeira vez que isso corre em 2021; região segue com 39.263 casos registrados e 700 mortes pela doença


1
Foto: Ilustrativa

O domingo (2) foi atípico para o Vale do Taquari em relação à pandemia de Covid-19. Pela primeira vez no ano, a região não teve nenhum óbito e nenhum novo caso de coronavírus informados pela Secretaria Estadual da Saúde em 24 horas. Aos domingos é normal haver um registro menor que nos dias de semana, porém isso só havia ocorrido bem no início da pandemia, ainda em 2020. O Rio Grande do Sul teve 22 novos óbitos e 616 casos informados neste domingo.

No sábado, o Vale do Taquari teve um óbito (mulher de 80 anos de Nova Bréscia) e 79 novos casos informados. Desta forma, a região permanece com 39.263 casos registrados de coronavírus, segundo a Secretaria Estadual da Saúde. Destes, 38.022 são considerados recuperados (96,8%), 541 são casos ativos (1,4%) e 700 pessoas morreram (1,8%).

Leitos no Vale

Dos 67 leitos de UTI disponíveis no Vale do Taquari, 61 (91%) estavam ocupados às 18h deste domingo (2). Eram 17 pessoas em leitos de UTI geral (27,9%), sem ligação com a Covid-19, 43 com confirmação de coronavírus (70,5%) e uma pessoa com suspeita da doença (1,65%).

O Hospital Bruno Born, de Lajeado, tem 30 leitos de UTI, sendo que 28 estavam ocupados (93,3%). Eram 11 pacientes na UTI Adulta não Covid (39,3%), 16 confirmados para a doença (57,1%) e um com suspeita (3,6%).

O Hospital Estrela, em Estrela, dispõe de 20 leitos de UTI, sendo que havia 16 pacientes internados (80%). Eram dez com confirmação para a doença (62,5%) e seis não Covid (37,5%).

O Hospital de Caridade São José, de Taquari, tem dez leitos de UTI, sendo que todos estavam ocupados (100%), todos com confirmação de coronavírus (100%).

Já o Hospital Beneficente Santa Terezinha, de Encantado, tem sete leitos de UTI e tinha sete pacientes internados (100%), todos confirmados para a doença (100%).

Vacinação

Conforme consta no “Vacinômetro”, ferramenta disponibilizada pela Secretaria da Saúde do Estado Rio Grande do Sul, o Vale do Taquari tinha 74.265 pessoas vacinadas contra o coronavírus às 16h desta sexta-feira (30).

Como a população da região é de 366 mil habitantes, calcula-se que cerca de 20,2% dos moradores já receberam a primeira dose do imunizante. Destes, 31.348 já tiveram a segunda dose aplicada, ou seja, 8,5% dos habitantes da região. Desde a atualização de quinta-feira (29), foram contabilizadas mais 3.426 pessoas vacinadas com a 1ª dose, e 680 com a 2ª.

Estado

O Rio Grande do Sul registra neste domingo (2), 22 óbitos informados pela Secretaria Estadual da Saúde. Também foram contabilizados 616 novos casos, alcançando um total de 980.412. O número estimado de recuperados é de 941.539 (96%) e em acompanhamento 13.688 (1,4%) e 25.108 mortes (2,6%). Dos 3.395 leitos de UTI disponíveis no Rio Grande do Sul, 2.815 (82,9%) estavam com pacientes internados às 19h deste domingo.

O Rio Grande do Sul já tem 2.272.527 pessoas vacinadas com a primeira dose da vacina contra a Covid-19, o que representa 19.8% dos 11.422.973 habitantes gaúchos e 952.425 (8,3%) já receberam a segunda dose.

Brasil

O país registrou 1.210 mortes pela doença nas últimas 24 horas e totalizou neste domingo (2) 407.775 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 2.407. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -16%, indicando tendência de queda nos óbitos decorrentes do vírus.

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h deste domingo. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 14.753.983 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 28.493 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 59.224 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de -9% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de estabilidade nos diagnósticos.

Texto: Ricardo Sander
ricardosander@independente.com.br

1 comentário

  1. Umas mil pessoas aglomeradas no entorno da Univates no domingo de tarde. Parque dos dick lotado. Tomara que essa semana os números não voltem a representar a irresponsabilidade dessa conhecida turma…

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui