Donald Trump se nega a assinar pacote de ajuda de US$ 900 bilhões contra impactos do coronavírus

Trump afirmou que a legislação é uma “vergonha”, e exigiu que sejam feitas emendas ao texto aprovado pelo Congresso.


0
Foto: Divulgação

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, se negou a assinar nesta terça-feira (22) a lei que implementa um pacote de alívio econômico de US$ 900 bilhões contra os impactos da crise provocada pela pandemia do coronavírus. Trump afirmou que a legislação é uma “vergonha”, e exigiu que sejam feitas emendas ao texto aprovado pelo Congresso americano, na madrugada de terça.

“Realmente é uma vergonha”, disse o presidente. Ele criticou a inclusão de ajuda financeira às pessoas que estão em situação irregular no país, e provisões para ajudar outras nações. “Pedirei ao Congresso que elimine imediatamente os itens inúteis e desnecessários dessa legislação e apenas me envie um projeto de lei adequado”, destacou.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui