Doria afirma que governo federal entregou só metade de lote de vacinas da Pfizer previsto para SP

De acordo com o governador, 228 mil doses a menos foram entregues, o que pode prejudicar calendário de imunização


0
Foto: Reprodução / Youtube

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta quarta-feira (4) que o Ministério da Saúde entregou ao estado apenas metade do previsto no lote mais recente de vacinas da Pfizer contra a Covid-19.

Segundo a gestão estadual, foram repassadas 228 mil doses de um total de 456 mil a que São Paulo teria direito na divisão proporcional entre os estados (o critério é o tamanho da população). Isso poderia comprometer o calendário já anunciado, especialmente na imunização de adolescentes .

O G1 entrou em contato com o Ministério da Saúde para confirmar a informação, mas não havia obtido retorno até a última atualização desta reportagem. “A última remessa da Pfizer, a quantidade foi reduzida à metade, sem nenhuma justificativa. A decisão, que como governador qualifico como arbitrária, representa a quebra do pacto federativo. E o governo federal decidiu punir quem fez o certo e quem foi eficiente na vacinação”, disse Doria.

O secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, protocolou um ofício junto ao Ministério da Saúde solicitando que as outras 228.150 doses que estavam previstas inicialmente sejam entregues em até 24 horas.

Fonte: G1

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui