Dupla é indiciada por estupro de homem com deficiência em Venâncio Aires

De acordo com o delegado Felipe Staub Cano, os indiciados têm 19 e 39 anos.


0

Dois indivíduos foram indiciados por um estupro de vulnerável ocorrido em Venâncio Aires. Segundo a Polícia Civil, a dupla teria abusado sexualmente de um homem de 33 anos, portador de deficiência mental.

O crime aconteceu no mês de julho de 2020, no banheiro de um posto de combustíveis, localizado no interior do município. Os órgãos de segurança tomaram conhecimento da situação depois que a mãe da vítima procurou a delegacia local para denunciar o caso.

A polícia chegou a identificação dos envolvidos após a análise de vídeos que circulavam pelas redes sociais. De acordo com o delegado Felipe Staub Cano, os indiciados têm 19 e 39 anos. Eles teriam feito uma aposta, que resultou na filmagem e na disseminação das imagens.

O homem mais velho praticou o ato e foi indiciado por estupro de vulnerável, com pena de até 15 anos. Já o jovem, que filmou o caso, vai responder por divulgação de cena de estupro e pode pegar até cinco anos de detenção. Exames realizados apontaram que a vítima tem idade mental de uma criança de nove anos. Não se descarta a possibilidade de  nos próximos meses ocorrerem outros indiciamentos por disseminação das imagens. AD/Portal Arauto


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui