Edina Alves faz história e será primeira árbitra do Brasil no Mundial de Clubes

Fifa selecionou ao todo para o torneio sete árbitros de campo e 12 assistentes, além de árbitros do VAR


0
Foto: reprodução Metrópoles (04.01.2021)

O Brasil ainda tem chances de disputar o Mundial de Clubes da Fifa, em fevereiro, no Catar, com Palmeiras ou Santos, que estão nas semifinais da Copa Libertadores, mas já garantiu presença na competição. Nesta segunda-feira (4), a entidade anunciou o quadro de arbitragem e nele está a paranaense Edina Alves Batista como árbitra e a catarinense Neuza Back no posto de assistente.

A Fifa selecionou ao todo para o torneio sete árbitros de campo e 12 assistentes, além de outros sete árbitros de vídeos para a operação do sistema de VAR. Os oficiais das partidas viajarão para o Catar uma semana antes do início do Mundial de Clubes, que será realizado entre os dias 1 e 11 de fevereiro. A Fifa garantiu que eles receberão todos os cuidados necessários contra a pandemia do novo coronavírus.

Edina Alves Batista faz parte do quadro de árbitras da Fifa desde 2016 e já apitou em jogo da Série A do Campeonato Brasileiro. Ela esteve no último Mundial Feminino (França-2019), em que comandou a semifinal entre Inglaterra e Estados Unidos. Neuza Back é assistente da Fifa desde 2014. Ela também esteve no último Mundial Feminino e recentemente trabalhou no jogo entre Vélez Sarsfield e Peñarol, pela Copa Sul-Americana.

O Mundial de Clubes vai utilizar três estádios da Copa do Mundo de 2022. O sorteio para determinar os cruzamentos está previsto para o próximo dia 19, em Zurique, na Suíça.

Fonte: Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui