Eduardo Leite formaliza saída do governo do Rio Grande do Sul

O ofício de renúncia de Eduardo Leite (PSDB) ao governo do Estado foi lido na sessão desta quarta-feira, na Assembleia Legislativa


0
Foto: Maicon Hinrichsen / Palácio Piratini

O ofício de renúncia de Eduardo Leite (PSDB) ao governo do Estado foi lido na sessão desta quarta-feira, na Assembleia Legislativa. O documento é a formalização da saída de Leite do Executivo, anunciada na última segunda-feira. Ele deixará oficialmente o cargo nesta quinta-feira, às 16h30, e, logo após, às 17h Ranolfo Vieira Júnior, vice-governador, será empossado em solenidade na Assembleia. Além disso, às 18h30 está previsto um ato oficial de transmissão de cargo de Leite para Ranolfo no qual é oficializada a mudança de comando no Palácio Piratini.

VALE ESSA

Endereçado ao presidente da Casa, Valdeci Oliveira (PT), o requerimento reafirma aquilo que o tucano alega desde que anunciou sua saída: seu desejo de atuar nacionalmente nas eleições que ocorrem em outubro. Justifica a renúncia em trecho: “faço-o, em atendimento às exigências da legislação eleitoral para que possa prestar minhas contribuições ao povo gaúcho e brasileiro por meio da atuação política nas eleições que se avizinham, nas quais buscarei dar toda a colaboração que eu puder para ajudar o país neste momento crítico”.
Em entrevista à Rádio Independente nesta quarta-feira, o futuro governador Ranolfo Vieira Júnior disse que não vai “querer reinventar a roda” nos nove meses em que estará à frente do Piratini. Ranolfo terá que substituir 11 secretários que deixarão seus cargos para concorrer nas eleições de outubro.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui