Educação pública no RS deverá voltar em junho e terá antecipação do recesso

Rede privada poderá voltar em maio, sem uma data estipulada.


0
Foto: Divulgação

O governador Eduardo Leite anuncia na tarde desta quinta-feira (30), via transmissão na internet, o modelo de distanciamento controlado. A medida será adotada dentro da estratégia do governo para o enfrentamento da pandemia de coronavírus no Estado.

Além de afirmar que as aulas não voltam na próxima segunda-feira (4), como já havia divulgado anteriormente, ele informa que a educação pública voltará em junho; e haverá a antecipação do recesso de julho para maio, 15 dias. “Ao longo de maio serão estabelecidos os protocolos, talvez reforço de equipes e equipamentos para higienização das escolas. Isso vale para a rede estadual, que tem cerca de 1,6 milhão de alunos, e para a rede municipal.

Rede privada

O novo decreto, divulgado pelo governador Eduardo Leite, de forma transitória prevê que rede privada poderá voltar em maio, sem uma data estipulada, mas isso estará no decreto do novo distanciamento programado. NR/RC

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui