Em Barcelona, Governo do RS assina memorando com universidade Ramon Llull para cooperação em projetos

Documento também prevê o apoio para a instalação de um hub de inovação do Estado no Parque de Inovação La Salle Technova Barcelona


0
Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

No quarto dia da missão governamental à Europa, o governador Eduardo Leite assinou, nesta quinta-feira (7), em Barcelona, na Espanha, um memorando de entendimento com a universidade Ramon Llull para cooperação no desenvolvimento de projetos de interesse e benefício mútuo para o desenvolvimento do RS. O documento também foi assinado pelo secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia, Luís Lamb.

O foco do acordo, assinado também pelo prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, e pelo pró-reitor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Jorge Audy, foca as áreas de ecossistemas regionais de inovação, governança, tecnologias digitais, inovação aberta, smart cities e living labs, desenvolvimento sustentável, educação e cultura empreendedora.

O documento também prevê o apoio para a instalação de um hub de inovação do Estado no Parque de Inovação La Salle Technova Barcelona, a fim de ajudar universidades, entidades públicas e privadas de todo o Estado a se conectarem com o ecossistema de Barcelona e sua área de influência. O memorando tem vigência de quatro anos, podendo ser prorrogado ou modificado a qualquer momento.

No começo da manhã desta quinta-feira (7), Leite se reuniu com o presidente da Catalunha (governo catalão), Pere Aragonès, na sede da Generalidade da Catalunha (Generalitat de Catalunya ou Generalidad de Cataluña), instituição política do governo autônomo da Catalunha. Depois de conhecer as instalações do Palácio de Generalitat, um dos poucos edifícios medievais que ainda está em funcionamento na Europa, o governador e o presidente tiveram uma conversa reservada. “Depois da nossa agenda em Madri, viemos a Barcelona, referência mundial em termos de reconversão direcionada à economia e à inovação.

Com o presidente da Catalunha, que seria equivalente a um governador estadual, conversamos sobre as experiências locais em relação ao saneamento, transporte metropolitano, mudança da matriz energética para energia limpa, entre outros temas, principalmente dentro dessa perspectiva de mudança econômica, para vermos como estão se organizando na Europa, especialmente dentro da Catalunha. Estamos sempre buscando referências adequadas para estarmos alinhados, no RS e no Brasil, com o que queremos para o futuro do planeta e da nossa sociedade”, disse Leite.

Fonte: Governo RS

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui