Em Estrela, pelo menos 20 famílias já foram removidas em função de alagamentos

“Enquanto não para nas cabeceiras, seguiremos com aumento na região baixa”, relata coordenador da Defesa Civil, sobre o nível do Rio Taquari no Porto de Estrela.


0
Ponte entre Boa União e São José, em Estrela (Foto: Julio César Lenhard)

Em Estrela, até por volta das 9h45 desta quarta-feira (8), pelo menos 20 famílias tiveram que ser desalojas em função das cheias do Rio Taquari e de seus afluentes devido às chuvas que ocorreram na região entre terça (7) e quarta-feira. A Defesa Civil de Estrela organizou um abrigo público no ginásio do Colégio Martin Luther, onde já foram instaladas seis famílias até por volta das 10h de hoje.

Conforme o coordenador da Defesa Civil do município, Sandro Bremm, “estamos com sete caminhões e mais ou menos 30 pessoas trabalhando” no auxílio às pessoas atingidas pelos alagamentos. “Seguimos monitorando”, diz ele. “Enquanto não para nas cabeceiras, seguiremos com aumento na região baixa”, relata ele, sobre o nível do Rio Taquari no Porto de Estrela.


ouça a entrevista

 


Em Estrela inúmeras ruas estão sem acesso por volta das 10h. Confira:

  • Rua Arnaldo J. Diel (atrás do Parcão)
  • Estrada Municipal Antônio Barth (sentido Arroio do Ouro), Bairro Cristo Rei
  • Rua Pedro Balduino Fink no Bairro Auxiliadora
  • Rua Olinda Mallmann, Bairro Imigrante
  • Rua Albino Francisco Horn – Ponte que liga os bairro Imigrantes e Alto da Bronze
  • Rua Matias Petter Sobrinho – Ligação Bairro Imigrantes com o Estádio Municipal
  • Rua Roque Afonso Hallmann – Fundos da Rua Olinda Mallmann
  • Estrada Nicolau T Hoss – Ponte que liga São José a Novo Paraíso (Tangará)
  • Rua João Lino Braun – Ligação Bairro Boa União a Linha São José
  • Rua Olinda Mallmann – Ligação Centro com bairro Imigrantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui