Em evento da Acil, Caumo pede para que empresários não se preocupem em caso de bandeira vermelha

Reunião-almoço foi promovida pela Associação Comercial e Industrial de Lajeado  e Fórum das Entidades de Lajeado.


0
Reunião-almoço ocorreu no salão da Acil nesta quarta-feira (Foto: Caroline Silva)

Na manhã desta quarta-feira (18), ocorreu a reunião-almoço promovida pela Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) juntamente com o Fórum das Entidades Empresariais e Sociais de Lajeado (Feesla), no salão de eventos da Acil. O evento recebeu o prefeito reeleito em Lajeado, Marcelo Caumo, e a vice-prefeita reeleita, Gláucia Schumacher. Os prefeituráveis falaram sobre conquistas do atual mandado e apresentaram propostas para a gestão dos próximos quatro anos.

Um dos temas abordados por Caumo e Glaucia foi Lajeado e pandemia. O prefeito lembrou do pico da doença que o município enfrentou em abril e agosto e comentou sobre a abertura de 18 leitos de UTI pelo Hospital Bruno Born (HBB).  “Isso foi fundamental naquele momento que Lajeado foi o centro de atenções no Rio Grande do Sul, e nós conseguimos fazer o atendimento de todos”, recorda.

Caumo também comentou sobre o aumento no número de casos de Covid-19 no Estado e em Lajeado e pediu para que as pessoas fiquem tranquilas, em caso de uma bandeira vermelha. “Nós não temos diagnóstico destes novos casos relacionados ao comércio, escolas e nem a indústria. Se retornamos a bandeira vermelha, nós temos o protocolo integrado em vigor e não muda nada nas atividades, não muda a nossa relação de vida e de trabalho”, ressalta. Contudo, o prefeito diz que por conta da pandemia irá haver uma queda de arrecadação, principalmente no ano que vem.

Infraestrutura urbana e economia

Caumo reconhece que 2020 foi um ano de desafios, mas afirma que não teve aumento de desemprego. “A prefeitura está preparada para absorver todos os reflexos da pandemia e possa oferecer em serviços e garantir que todos os contratos, fornecedores, sigam sem nenhum prejuízo no seu recebimento, pois as economias do município estão sob controle”, explica.

Na área de infraestrutura, ele destaca o plano de mobilidade a obra da BR-386. “Nós temos a partir do ano que vem a aplicação das conclusões do plano de mobilidade urbana, que está em fase final, e temos essa grande obra da duplicação da BR-386. O município está fazendo suas obras que conversem com essa construção, o que vai levar Lajeado para outro patamar”, ressalta.

Ao final da apresentação, Caumo e Gláucia responderam às perguntas dos participantes.

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui