Em função de contaminações, atendimento ao público na Prefeitura de Cruzeiro não tem data para retornar

Quatro servidores testaram positivo para Covid-19, e prefeito reconhece cansado da comunidade em seguir com o distanciamento social.


0
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul encerra nesta sexta-feira (4) a segunda semana consecutiva sem atendimento externo ao público em função da pandemia de coronavírus. Os servidores realizam trabalho interno, e o atendimento à comunidade ocorre por meio de telefone ou demais canais como e-mail.

O prefeito Lairton Hauschild demostra preocupação com o cenário de contaminações em Cruzeiro do Sul e na região. Ele diz que o retorno do atendimento presencial no centro administrativo ainda não tem data para ocorrer, em função de quatro servidores terem testado positivo. A primeira-dama do município está em isolamento em casa. Já Hauschild negativou no teste. “Não tem como falar que vamos abrir na semana que vem, porque vai depender muito do progresso dos casos”, argumenta.


ouça a entrevista

 


 

Conforme dados da Secretaria Municipal da Saúde, até esta sexta eram 359 casos confirmados, 53 pessoas com o vírus ativo e cinco óbitos ocasionados pela Covid-19. Há um paciente hospitalizado e 95 sendo monitorados pela equipe de saúde do município.

Para o gestor, o aumento de casos se deve a uma certa fadiga das pessoas com o distanciamento social e medidas de higienização. Hauschild cita o acúmulo de pessoas em festas e em atividades como futebol nos finais de semana. O prefeito também reconhece as aglomerações geradas pelo processo eleitoral, em 15 de novembro. “O pessoal começou a se acumular, então começou a ser pago o preço agora, que está aumento os casos”, nota.

Sucessão em Cruzeiro do Sul

Lairton Hauschild, que teve um acidente vascular cerebral (AVC) há um ano, situação que o deixou afastado da Prefeitura de Cruzeiro do Sul por um período, não se candidatou à reeleição. Seu vice, João Dullius (MDB), foi eleito para dirigir o município a partir de 2021. Provavelmente, Hauschild deve assumir uma secretaria na nova gestão. A expectativa é que ele lidere a pasta de Indústria e Comércio.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui