Em jantar com Guedes, Maia pede desculpas e é aplaudido

Confira as informações do programa Correspondente Independente das 8h.


0
Foto: CNN

No maior clima paz e amor, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, pediu desculpas ao ministro da Economia, Paulo Guedes, pelos embates dos últimos tempos, o que levantou aplausos dos convidados no jantar marcado nesta noite para selar uma reconstrução de pontes. Maia defendeu a âncora fiscal e falou que não vai ter que cortar só gordura, terá que cortar no músculo. Palavras que facilmente poderiam ser ditas por Guedes, mas foram verbalizadas pelo seu ex-desafeto. Fonte: CNN

Operação contra milícia no Rio realiza buscas na prefeitura, na Câmara de Vereadores e na Guarda Municipal

A Polícia Civil do RJ iniciou, nesta terça-feira (6), a Operação Brutus, contra uma milícia que explora o comércio de Madureira, na Zona Norte do Rio. Há buscas na prefeitura, na Câmara de Vereadores e na Guarda Municipal do Rio. De acordo com as investigações da Delegacia de Crimes contra a Propriedade Imaterial, os milicianos extorquiam dinheiro de camelôs, de lojas e de supermercados da região. A Justiça expediu 43 mandados de busca e apreensão — não há mandados de prisão. Segundo a polícia, um guarda municipal lotado no gabinete de Vera Lins desde março é suspeito de envolvimento com a quadrilha. A vereadora não é investigada. Fonte: G1

Bolsonaro diz em SP que próxima indicação ao STF será de um pastor

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou na noite desta segunda-feira (5) em São Paulo que a próxima indicação dele ao Supremo Tribunal Federal (STF) deve será um pastor evangélico. Ele participou de um culto de aniversário do pastor Wellington Bezerra da Costa, presidente das Igrejas Evangélicas Assembleia de Deus do Brasil, no bairro do Belenzinho, Zona Leste de São Paulo. No evento, Bolsonaro chamou de “precipitado” quem o criticou por não ter indicado um ministro evangélico para a vaga de Celso de Mello, que deve deixar o STF na próxima terça-feira (13), para se aposentar. Fonte: G1

Educação de Porto Alegre mantém estado de greve contra retomada das atividades presenciais

A educação de Porto Alegre decidiu pela manutenção do estado de greve contra a retomada das atividades presenciais. A decisão ocorreu em assembleia online do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) na noite desta segunda-feira. Mais de 800 servidores participaram da assembleia. No encontro, ficou decidida a manutenção do estado de greve. Uma nova assembleia será realizada no dia 13 de outubro, podendo ser antecipada conforme a conjuntura a ser avaliada pelo próprio Simpa. Na avaliação do Simpa, não há condições sanitárias adequadas à proteção da saúde de crianças, servidores e da comunidade escolar. Fonte: Correio do Povo

Problemas técnicos comprometem oitivas em processo de impeachment de Marchezan

Problemas de conexão de internet adiaram a terceira reunião do dia da comissão processante que trata do pedido de impeachment do prefeito Nelson Marchezan Jr. na Câmara de Porto Alegre. A oitiva da empresária Marta Rossi, arrolada como testemunha de defesa, chegou a iniciar, mas os cortes e atrasos no áudio dela impossibilitaram a continuidade do depoimento, que vai ser remarcado. Antes da suspensão da sessão, após inúmeras tentativas – sem sucesso – em solucionar os problemas técnicos com o áudio dos vídeos, ficou acertada a transferência da reunião com a concordância das partes. Fonte: Correio do Povo

MEC divide regiões por cores para retomada das aulas

O Ministério da Educação deve lançar nesta quarta-feira (7) o plano de retomada das aulas que estão paralisadas ou atrasadas devido à pandemia. A CNN apurou que a pasta organizou uma escala de cores para mensurar a gravidade do coronavírus em cada região. Azul para transmissão zero, verde para casos esporádicos, amarelo para transmissão local e vermelho para transmissão comunitária. A cada cor, um protocolo diferente sobre como o retorno às aulas deve ocorrer. Fonte: CNN

Estado confirma um óbito e nove casos de Covid-19 para o Vale do Taquari nesta segunda-feira

Um novo óbito e mais nove casos da Covid-19 foram confirmados ao Vale do Taquari nesta segunda-feira (5) pela Secretaria Estadual da Saúde. A morte é de uma idosa de Encantado, de 69 anos, com comorbidades. O falecimento ocorreu no último sábado (3), no Hospital Beneficente Santa Terezinha, de Encantado, onde ela estava internada desde 15 de setembro. Os casos do dia foram distribuídos entre Lajeado (três), Teutônia (três), Muçum (dois) e Progresso (um). Desde o começo da pandemia, o Vale do Taquari já teve 9.320 testes positivos para a Covid-19. Destes, 8.893 é de pessoas recuperadas (95,4%), 303 em tratamento (3,2%) e 124 óbitos (1,3%). O acompanhamento dos pacientes é feito pelas prefeituras de referência. NR

Produção e apresentação: Júlio César Lenhard
Próxima edição: hoje, ao meio-dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui