Em novo alerta, OMS diz que há ‘grande preocupação com a letalidade e a transmissão do vírus’ no Brasil

O dirigente afirmou estar decepcionado com o desempenho brasileiro na gestão da pandemia


0
Foto: OMS / Divulgação

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, voltou a demonstrar nesta sexta-feira (12) preocupação com a grave situação da pandemia de Covid-19 no Brasil. O dirigente afirmou estar decepcionado com o desempenho brasileiro na gestão da pandemia, uma vez que o sistema de saúde nacional, o nosso Sistema Único de Saúde (SUS), é considerado modelo em todo o mundo.

“Eu esperava que o Brasil pudesse ter um melhor desempenho em epidemias por causa do seu forte sistema de vigilância em saúde”, afirmou o diretor-geral da OMS.

Tedros destacou que a população deve receber “mensagem claras das autoridades de saúde” sobre a situação do país para saber como agir.

“Começando pelo governo, todos os interlocutores devem agir de forma séria”, disse. Se isso não ocorrer, o diretor-geral da OMS afirmou que as mortes deverão aumentar.

O diretor de emergências, Michael Ryan, destacou que, desde o último alerta da OMS ao Brasil, feito no dia 5, os casos e as mortes por Covid-19 subiram ainda mais.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui