Em operação contra corrupção, Polícia Civil prende e afasta servidores públicos de Canela

Contratos de até R$ 8 milhões estão sob investigação, incluindo mais de R$ 7,3 milhões em contratos públicos somente nos últimos meses


0
Foto: Polícia Civil / Divulgação

A Polícia Civil realizou a 8ª fase da Operação Caritas, que investiga corrupção em parte do poder público de Canela, na Serra. Contratos de até R$ 8 milhões estão sob investigação, incluindo mais de R$ 7,3 milhões em contratos públicos somente nos últimos meses.

Uma pessoa foi presa preventivamente, segundo o delegado Heliomar Franco. Com 180 medidas judiciais simultâneas, houve o cumprimento de um mandado de prisão preventiva, 40 de busca e apreensão, 111 quebras de sigilo, sete apreensões de veículos e uma restrição de venda a imóvel.

Também foram realizados dois afastamentos cautelares de servidores por 120 dias e sem remuneração e quatro afastamentos cautelares de servidores públicos por 60 dias sem remuneração. A Polícia Civil de Canela não divulgou os nomes de investigados.

Fonte: G1

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui