“Em termos portuários, o Rio Grande do Sul leva de chinelo de Santa Catarina”, afirma prefeito de Estrela

Elmar Schneider confirma que é do interesse do município retomar a navegabilidade do Rio Taquari a partir do Porto de Estrela: “Um gigante adormecido”, define


0
Prefeito de Estrela, Elmar Schneider (Foto: Tiago Silva)

O Porto de Estrela passou a ser da administração municipal em agosto de 2020. Desde então, a prefeitura trabalha com formas de melhor utilizar o terminal. O prefeito Elmar Schneider (PTB) destaca que, mesmo com a municipalização, o Governo do Estado ainda mantinha parte da estrutura utilizada para uma estatal de cilos, Companhia Estadual de Silos e Armazéns (Cesa). Por isso a gestão articulou para o repasse ao município que, por sua vez, fez a concessão à iniciativa privada. “Não é papel do estado e também não é papel do Poder Público administrar grão administrar, cilos”, ressalta.


ouça a entrevista

 


 

Schneider diz que, passo a passo, a Prefeitura de Estrela avançará na revitalização do porto. “Em termos portuários, o Rio Grande do Sul leva de chinelo de Santa Catarina”, afirma o mandatário. “Santa Catarina tem cinco portos que funcionam”, compara.

“Então nós, sim, temos que trabalhar e estamos envolvendo a CIC (Câmara de Indústria e Comércio) regional, os nossos prefeitos, a Amvat (Associação dos Municípios do Vale do Taquari). Esse é o momento de nos unirmos, a nossa imprensa regional, todos para que possamos viabilizar aquele gigante adormecido”, defende.

“Só que nós vamos fazer tudo dentro da lei, dentro dos passos que o Poder Público permite. Estou muito feliz”, ressalta Schneider. É do interesse do município retomar a navegabilidade do Rio Taquari a partir do Porto de Estrela, confirma o prefeito.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui