“Em Teutônia, a saúde está em período de pré-colapso”, afirma prefeito Celso Forneck

"Em média, três a quatro pessoas são internadas por dia", relata o gestor municipal.


0
Celso Aloísio Forneck, prefeito de Teutônia (Foto: Jonas de Siqueira)

O prefeito de Teutônia, Celso Forneck (PDT), relatou a dificuldade que o município passa no atual estágio da pandemia, em entrevista ao programa Troca de Ideias desta segunda-feira (22). O mandatário afirmou que “em Teutônia a saúde está em período de pré-colapso, o que nos assusta muito”.

Segundo o prefeito, o Hospital Ouro Branco, que tem 18 leitos, estava com todos ocupados no final da manhã desta segunda-feira (22). “Em média, três a quatro pessoas são internadas por dia. Então, o nosso grande problema começou a partir de quarta-feira (17)”, explica Forneck.

“Este efeito ainda não é do (feriadão de) do Carnaval. A grande preocupação é que os casos do Carnaval venham da metade da semana em diante”, analisa o prefeito, sobre a pressão ao sistema de saúde.

A partir desta segunda, os postos de Teutônia só atendem a sintomas gripais e casos de urgências. O gestor explica que a intenção é evitar filas e aglomerações na espera.

“Temos que nos conscientizar que estamos diante de uma situação extremamente séria, e de forma nenhuma podemos relaxar porque, senão, teremos pessoas gravemente doentes mas não teremos onde interná-las”, pondera.

Celso Forneck diz que a Prefeitura de Teutônia trabalha em conjunto com a Brigada Militar para dissipar aglomerações, e foca na divulgação prevenção com uso de máscaras, distanciamento social e higienização constante.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui