Em tribunal, soldado russo pede desculpas a ucraniana por matar seu marido

Julgamento é o primeiro realizado na Ucrânia para punir crimes de guerra cometidos na invasão russa do país


1

O primeiro soldado russo a ser julgado por crimes de guerra na Ucrânia, Vadim Shishimarin, pediu desculpas a uma viúva por ter matado seu marido durante a guerra, em um tribunal de Kiev, nesta quinta-feira (19). “Sim, eu reconheço minha culpa. Eu entendo que você não será capaz de me perdoar, mas eu sinto muito”, disse Shishimarin.

Quando perguntado se Shishimarin se arrependeu do que fez, ele respondeu: “Sim, reconheço minha culpa”. Ele também disse que sentiu “vergonha.”

A mulher questionou o soldado russo por que ele veio para a Ucrânia, perguntando retoricamente: “Você veio nos defender? De quem? Você me defendeu do meu marido que você matou?” “Fomos ordenados a vir com a coluna, o que se seguiria eu não sabia”, disse Shishimarin. Este é o primeiro julgamento de crimes de guerra ucraniano realizado desde que a Rússia invadiu o país em 24 de fevereiro.

O soldado de 21 anos se declarou “totalmente” culpado na quarta-feira (18) por atirar em um civil desarmado de 62 anos na região de Sumy, na Ucrânia, no quarto dia da guerra e está enfrentando uma acusação de prisão perpétua. A sessão foi adiada na quarta-feira porque muitos membros da mídia estavam lotando o tribunal. O julgamento foi transferido para um tribunal maior de Kiev. Fonte: CNN

1 comentário

  1. Boa tarde! Por favor, sobre a matéria “Em tribunal, soldado russo pede desculpas a ucraniana por matar seu marido”, quem assina o texto em português e qual a fonte completa? Ao final da matéria consta apenas “CNN”, sem referência ao meio original (noticiário televisivo, radiofônico ou outro), data, agência de notícias, etc.). Como leitora de vários veículos nacionais e internacionais, sugiro deixarem indicado o responsável pela postagem e o link da fonte original ao final da matéria reproduzida. Desta forma, estarão contribuindo de modo significativo e respeitoso com a qualidade da comunicação veiculada ao público brasileiro. Grata pela atenção!

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui