Empresária surpreende funcionários com passagens aéreas em primeira classe e mais 60 mil reais para gastarem durante o passeio

Depois de ter fechado mais um grande negócio, ela quis retribuir a quem fez a empresa crescer e deu a cada um dos funcionários dois bilhetes de avião em primeira classe mais 10 mil dólares, quase 60 mil reais, para gastarem durante o passeio


0
Foto: Divulgação/Instagram

Uma empresária surpreendeu seus funcionários com dois presentes incríveis: passagens aéreas para qualquer parte do mundo, mais dinheiro para eles gastarem na viagem. Tudo por absoluta gratidão. Foi a própria Sara Blakely, CEO da Spanx – famosa marca norte-americana de roupas – quem fez questão de anunciar aos funcionários o presente de reconhecimento. Depois de ter fechado mais um grande negócio, ela quis retribuir a quem fez a empresa crescer e deu a cada um dos funcionários dois bilhetes de avião em primeira classe mais 10 mil dólares, quase 60 mil reais, para gastarem durante o passeio.

Começo e promessa

Sara Blakely começou como vendedora numa empresa de faxes e foi com esse dinheiro que fundou a Spanx. O negócio tornou-se um sucesso e Blakely quis presentear os funcionários. “Quando comecei a empresa [Spanx], escrevi num quadro branco no meu quarto: ‘Um dia, esta empresa vai valer 20 milhões de dólares.’ E todos riram de mim”, contou Sara Blakely, num discurso emotivo dirigido aos funcionários e postado no Instagram.

Anúncio

O anúncio foi feito numa reunião com os funcionários em que alguns estavam presentes e outros estavam em videochamada. O vídeo revela que todos os funcionários da empresa, Spanx (conhecida marca de roupa feminina norte-americana), vão ter direito aos prêmios. Sara Blakely também aproveita o momento para fazer um brinde à sua empresa e ao progresso que conseguiu com o seu trabalho desde os tempos da universidade. “Eu disse que esta empresa um dia valeria 20 milhões de dólares!”. Blakely lembra que é possível mulheres terem sucesso no mundo do empreendedorismo e dedica este momento à mãe e às avós dela que “tiveram menos opções, como todas as mulheres antes delas”.

Fonte: Com informações Notícias ao Minuto e MAGG/Só Notícia Boa

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui