Empresários pedem reabertura do comércio em Lajeado

Pelo menos 700 empreendedores já teriam aderido ao movimento, que solicita a volta do funcionamento das lojas para a próxima segunda-feira, 30 de março.


10
Vitrines das lojas no Centro informam sobre o fechamento (Foto: Arquivo / Natalia Ribeiro)

Um grupo de empresários de Lajeado lançou um movimento, nesta quinta-feira (26), pedindo que o comércio reabra as portas na próxima segunda-feira (30). O serviço considerado não essencial está fechado no município desde o último sábado (21), como meio de evitar a circulação de pessoas e prevenir a ampliação do novo coronavírus. Ocorre que a suspensão estaria causando dificuldades ao empreendedor.

Dona de comércio, uma mulher de Lajeado, que prefere não ter o nome divulgado, pensa que estender o fechamento até o começo de abril traria ainda mais problemas para a categoria. “Mais uma semana sem trabalhar será de um grande prejuízo para muitas famílias. Tem profissionais que já estão sem ter o que comer em casa”.

O temor dos empreendedores é que seja seguido decreto do governador Eduardo Leite (PSDB), que suspende o comércio até 3 de abril. Sendo assim, as lojas poderiam voltar a funcionar no dia 6 de próximo mês. É o que o grupo quer tentar evitar e, para isso, está organizando um abaixo-assinado. Segundo a mulher, que é uma das representantes do movimento, há cerca de 700 adesões até a noite de hoje.

Interessados em participar podem aderir ao movimento através do link

“Propomos que o comércio reabra a partir da próxima segunda-feira com período reduzido ou talvez meio turno, mas que haja pelo menos algumas horas para que a gente possa trabalhar e levar o sustento para a casa de cada um de nós”, acrescenta. As assinaturas serão coletadas até a manhã da sexta-feira (27) e depois entregues ao prefeito Marcelo Caumo (PP). O grupo vai esperar um posicionamento do gestor e, se isso não ocorrer, cogita promover uma carreata no começo da semana.

O prefeito

Caumo se comprometeu em receber a demanda e discuti-la com a comunidade. “Ouvir as reivindicações e buscar construir em conjunto a melhor alternativa”, disse. Contudo, o prefeito lembra que o decreto estadual em vigor impede que o município tome uma decisão diferente e que permita a reabertura do comércio antes do dia 3 de abril. Disse ainda que exemplos mundiais mostram que estender a quarentena, como medida de enfrentamento ao Covid-19, se faz necessário no combate ao vírus.

“Em todas as cidades que a gente teve conhecimento, mundo a fora, as quarentenas de isolamento são, no mínimo, de 14 dias. O período de isolamento dos casos diagnosticados em Lajeado, ou grande parte deles, que é o cruzeiro na costa nacional e a viagem ao exterior, para a Suíça, ele se estende até 31 de março”, pontua.

Na segunda-feira, segundo Caumo, será feita uma reunião com o Fórum das Entidades, que representa a maioria das categorias com restrições, para discutir alternativas para a retomada do comércio. “Não adianta voltar toda a atividade, os casos explodirem na cidade e termos de suspender tudo de novo”. O prefeito lembra que Lajeado é o sexto município gaúcho com o maior número de infecções confirmadas (cinco), atrás de Porto Alegre, Bagé, Canoas, Caxias do Sul e Torres. Além disso, que há cerca de 160 pessoas em isolamento após contato com infectados.

Sindicato na negociação

Presidente do Sindilojas VT, Kiko Weimer destaca que o Fórum das Entidades já esteve reunido três vezes com o prefeito para tratar desse assunto. Ele conta que o grupo tem até esta sexta-feira para apresentar um cronograma de reabertura gradual, “não só do comércio como também da construção civil, hotéis, bares e etc”. A avaliação das propostas deve ocorrer no encontro de segunda-feira.

Texto: Natalia Ribeiro / jornalismo@independente.com.br

10 Comentários

  1. Bom dia, pessoal sou farmacêutico,vcs querem que aconteca como na Itália? é só abrir o comércio que vai acontecer à mesma coisa,depois não adianta chorar! Quem está por dentro sabe Que vai acontecer aqui,é sério o virus,uma aemana à mais não vai mudar em nada e vai salvar muitas vidas,também tenho minha familia parada mas é preciso gente,colocam isso na cabeça! Vai tomar conta de lajeado e cidades dp interior ,dai ninguem controla mais ,apostem nisso.

  2. Um atestado de estupidez, de ganancia… a cara de lajeado. Esses empresarios serao os primeiros a correr para um hospital super lotado, sem condiçoes de atendimento…. pensamento mediocre, sem consideraçao com a populaçao.

  3. Os empresários de Lajeado precisam parar de ver TV e começar a se debruçar sobre números (se é que o sucesso deles veio dessa habilidade conjugada com outras de liderança). E estou falando de números interpretados por mim pessoalmente, olhando apenas para o dashboard da Johns Hopkins University.

    https://gisanddata.maps.arcgis.com/apps/opsdashboard/index.html#/bda7594740fd40299423467b48e9ecf6

    O Brasil está na base da curva ascendente, ainda relação de mortes/recuperados muito ruim (77 mortes para 6 recuperados no momento que escrevo). Ontem os EUA registraram 200 mortes num único dia (inclusive no dia que Bolsonaro falou que “Trump iria terminar o lockdown” – jumento).

    Se o Vale to Taquari está a mais de 2 dias sem registrar novos casos, o ideal agora é mantermos isso por mais uns 10~15 dias, pois tende a manter a curva achatada. Abrir o comércio só vai nos colocar na mesma situação que os EUA e Itália. Sö que não temos a mesma estrutura de saneamento básico, aparato médico e educação que os cidadãos daqueles países.

    Fiquem em casa por mais 10~15 dias e ajudem a diminuir o impacto dessa desgraça.

  4. A hipocresia e uma m….Tenho comercio, tenho dois funciobarios e se nao voltar a trabalhar logo provavelmente vou ter q demitir os dois no mes de abril. Mas eu tirei um print da tela, e vou pedir para eles falarem com vc quando isso acontecer, q provavelmente vc sabera como ajudar eles.

    • A sua ganacia mostra bem oq e o brasil vcs enriquecem a custa dos trabalhadores trocam de carro o ano todo vao as melhores praias e todo ano estao sempre dizendo q ta apertada a coisa alem de pagarem um salario baixo pra esse pais ficam cada vez mais ricos e mais choroes e claro se ficarem doentes tem os melhores planos de saude enquanto o pobre apodrece numa fila de sus parabens pela tua ganancia e q quando tu morras possa levar todo dinheiro q tu conquistou das maos de teus escravos no teu tumulo junto contigo

  5. Empresários bolsonaristas não é? Não sabem o que aconteceu nos países que priorizaram a economia? Itália, Espanha, EUA e Inglaterra estão pagando um alto preço agora. Vcs acham que eu vou entrar numa loja para gastar no meio desta doença mortal por aí? Nem pensar!

  6. Hipocresia. Eu tenho um comercio aqui em Lajeado, tenho dois funcionarios. Nao sou um mega empresario e nem tenho grande receita. Se nao abrir logo, no mes de abril vou ter q demitir os dois. Vcs, q sao pessoas humanistas, mais evoluidas do que eu, podem ajudar dai. Vou passar o contato de vcs para eles.

  7. Ridículo esse partidarismo, até parece que as pessoas não se flagram que a economia precisa rodar, as pessoas precisam começar a pensar, não é de bolsa família e ajuda do governo que um país vai pra frente, temos que combater o vírus sim, porém não podemos esquecer que precisamos comer, precisamos comprar remédios, precisamos alimentar nossos filhos e pra isso precisamos trabalhar, a economia precisa girar, ou comemos pão com mortadela querendo ser governado por pessoas que dizem ser nossos amigos e nunca falam a verdade na nossa cara.

  8. A sim tu vai morrer de fome em 15 dias parabens o virus pode matar em apenas 5
    mas tua ganancia pelo dinheiro e maior parabens pela estupidez e ignorancia de uma pessoa q prefere a morte e o dinheiro do q a salvaçao depois estao aqui postando salve partido A salve partido B mas no fim sao todos iguais lutando por uma ganacia absurda q deixa todos cada vez mais burros e cegos esse e nosso brasil terra de ganancia e pessoas q sempre so vem o seu bem estar esquecem da dor do proximo da vergonha ser brasileiro por tipo como esse

  9. SE É TÃO IMPORTANTE MANTER CUIDADOS, CONCORDO SÓ QUERO SABER PORQUE OMISSÃO DE ATENDER CRIANÇAS NOS POSTOS DE SAÚDE. TODOS FECHADOS MÃES DESESPERADAS NÃO SABEM ONDE RECORRER. ATÉ POSTO DA UNIVATES ESTA FECHADO.
    MENINA COM 4 ANOS. TEM TOSSE ALÉRGICA NÃO CONSEGUE COMPRAR REMÉDIO POR FALTA DE RECEITA. E DAÍ QUEM VAI
    RESPONDER.???? ESTA DENTRO DE CASA SEM TRATAMENTOS.
    DAÍ PODE ?????

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui