Empresários se unem e criam Associação Estrelense de Segurança Pública

Objetivo é aparelhar Brigada Militar e Polícia Civil; grupo busca mais parceiros


0
Grupo conta com 11 empresários e seis conselheiros (Foto: divulgação)

Inspirados no  Instituto Cultural Floresta (ICF), de Porto Alegre, criado por empresários, e também no Instituto Ipê-Amarelo, de Lajeado, ambos com o mesmo objetivo, de equipar o policiamento, um grupo de empresários de Estrela criou a Associação Estrelense de Segurança Pública (Aespro) . A entidade filantrópica, foi criada neste mês, e sua sede está localizada junto a Escola de Ensino Fundamental La Salle, em Estrela.


ouça a reportagem


O presidente da (Aespro) , Rodrigo Tomasi, diz que a ideia surgiu por uma demanda da Brigada Militar e Polícia Civil do município. “Isso nos trouxe a oportunidade de abrir uma associação em prol da segurança pública de Estrela, parecido com os moldes do Ipê-Amerelo de Lajeado”, conta. O objetivo dos empresários, que já são 11 e seis conselheiros, é arrecadar doações e recursos. “É uma associação sem fins lucrativos, que visa apoiar a segurança pública na cidade, como, por exemplo, a manutenção de um veículo que esteja parado por muito tempo, algum armamento que a polícia necessite ou até algo maior”, explica o presidente.

Tomasi destaca a união do grupo, embora pouco tempo de associação. “A Aespro já tem uma união muito grande de pessoas e de empresários de Estrela. Estamos trabalhando muito unidos e engajados para fazer dar certo. O nosso primeiro trabalho agora é estruturar o estatuto e a parte contábel”, comenta. Conforme ele, a associação irá começar a funcionar nesta semana.

O grupo aceitará doações da comunidade e inclusão em programa para reverter ICMS de empresas aos órgãos policiais de Estrela. Neste sentido, Tomasi fala da importância da entidade para o município. “Sabemos que esse tipo de ação vai fazer a diferença, vai fazer a gente patrulhar bem a cidade”, ressalta.

A diretoria:

Presidente =Rodrigo Tomasi

Vice presidente = Frederico Birkolz (Lico)

1º secretário = Adilson Heleno da Silva

2º secretario = Cláudia Argiles da Costa

1º tesoureiro = Oscar Hunemeir

2º tesoureiro = Adiel Krabbe

Conselho Técnico = Pablo Souto Palma- Lindomar de Freitas ( Puno) -Sandro Breem

Conselho Fiscal= Gerson Strehl- Henrique Purper- Paulinho Finck

Assessoria Jurídica= Gabriela Perosso

Assessoria Contábil = Elaine Goergen Strehl

Texto: Caroline Silva

jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui