Enchentes na Turquia: sobe para 70 o número de mortes; 47 estão desaparecidos

Inundações e deslizamentos destruíram edifícios, fecharam estradas e cortaram a eletricidade em centenas de aldeias. Cerca de 2 mil pessoas foram evacuadas em toda região


0
Veículos danificados após enchentes na cidade de Ilisi, Turquia (Foto: Mehmet Emin Caliskan/Reuters)

Ao menos 70 pessoas morreram por causa das enchentes na Turquia da semana passada, informaram as autoridades locais nesta segunda-feira (16). Cerca de 47 pessoas seguem desaparecidas nas províncias próximas ao Mar Negro.

As inundações ocorreram durante as fortes chuvas da última quarta (11), que arrastaram carros, destruíram edifícios e pontes, fecharam estradas e danificaram a infraestrutura de eletricidade.

De todas as mortes registradas, 60 foram na província de Kastamonu, 9 pessoas morreram em Sinop e 1 em Bartin, segundo boletim mais recente da Direção de Gestão de Desastres e Emergências (Afad).

Mais de 2 mil pessoas precisaram deixar suas casas que ficavam nas áreas afetadas, algumas com a ajuda de helicópteros e barcos.

Meteorologistas alertam para mais inundações devido a uma chuva forte nesta segunda-feira na Região Norte, e também a leste das regiões afetadas na semana passada.

Enchentes no norte e incêndios no sul

As enchentes trouxeram o caos às províncias do norte da Turquia no momento em que as autoridades enfrentam incêndios florestais no sul do país.

Lideranças políticas e associações pediram ao governo turco que tome medidas radicais para reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa, já que atribuem estes desastres à mudança climática.

A Turquia não ratificou o Acordo de Paris sobre o Clima de 2015, que estabeleceu metas a serem atingidas para se conter o aquecimento global.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui