Encontrar valor naquilo que se faz é um dos grandes motivadores no trabalho

Desafio está em equilibrar autoconfiança e avaliação externa


0
Postar alguma coisa e não receber curtidas e comentários pode acabar desmotivando (Foto: Pexels / Ilustrativa)

Quantas vezes deixamos de fazer algo por imaginar que o resultado será insignificante. Em tempos de redes sociais, postar alguma coisa e não receber curtidas e comentários pode acabar desmotivando e levando à desistência. É verdade que quem produz conteúdo precisa ter uma dose elevada de tolerância à frustração, porque muitas vezes a pessoa passa horas lá preparando algo e o retorno é pequeno.

O mesmo acontece em inúmeras profissões, especialmente aquelas que, por questões culturais, são menos valorizadas. E o mais legal de tudo é perceber que tem gente feliz ocupando um posto de trabalho que, para a maioria, não parece muito interessante.

Talvez a saída para persistir nessas tarefas é você mesmo conseguir encontrar valor naquilo que faz, e não depender tanto do reconhecimento externo. Por isso que, ao educarmos uma criança, é tão importante valorizar seu envolvimento nas atividades que executa, e não apenas suas conquistas.

Tamara Bischoff, jornalista e psicóloga, no quadro “Postura Profissional”

Dessa forma, é mais provável que ela compreenda a importância do que faz e aprecie seu empenho no decorrer das tarefas, o que, por sua vez, lhe permite encontrar satisfação em si mesma, sem depender exclusivamente da opinião externa para validar suas produções. E é bem possível que essa criança, da qual não se exigia a perfeição, também não se transforme naquele adulto inseguro e tão dependente de elogios.

Quando você consegue se colocar na sua própria plateia e prestigiar suas produções, as atividades passam a ter mais sentido e o trabalho, mais prazer. Mas cuidado para não ficar alheio ao mundo. Como aconselhou Machado de Assis, “creia em si, mas não duvide sempre dos outros”.

Por Tamara Bischoff, jornalista e psicóloga

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui