Energia solar nas escolas de Mato Leitão será implementado pela empresa Milenium

A empresa venceu o processo licitatório com a proposta de R$ 267.942,98.


0
Foto: Imprensa Prefeitura

O projeto de energia solar nas escolas de Mato Leitão será implementado pela empresa Milenium Negócios Internacionais, integrante do grupo Solled Energia de Santa Cruz do Sul. A Comissão Permanente de Licitações da Prefeitura de Mato Leitão conheceu na terça-feira (1), as propostas de empresas interessadas em instalar o sistema.

A Millenium venceu o processo licitatório com a proposta de R$ 267.942,98, R$ 100 mil a menos do que o valor previsto inicialmente. A geração de energia limpa e renovável a partir de placas solares, projeto o atual governo municipal, irá atender a Emei Vó Olga, Emef Ireno Bohn, Emef Santo Antônio de Pádua (SAP) e ainda ginásio de esportes Tonhão, da Vila Santo Antônio. A licitação segue agora na etapa de prazos recursais com a expectativa de assinatura do contrato para os próximos dias.

O edital prevê um prazo de 15 dias para entrega das placas fotovoltaicas, a contar da assinatura do contrato, devendo sua instalação e operação do sistema estar concluído em mais 60 dias. Seis empresas de cidades como Venâncio Aires, Estância Velha, Arroio do Meio, Ibirubá e até Santa Catarina participaram da licitação, modalidade Tomada de Preços.

A partir da instalação das placas solares é estimada a geração de 8500KW mensais, o que deverá representar uma economia mensal de aproximadamente R$ 7.800,00 aos cofres públicos. A estimativa de energia gerada pelos dois sistemas, atende a aproximadamente 95% do consumo mensal dos prédios públicos vinculadas a Secretaria Municipal de Educação.

Energia Solar

A Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) informa que o Rio Grande do Sul acaba de ultrapassar a marca de 500 megawatts (MW) operacionais em geração distribuída a partir da fonte solar. O território gaúcho ocupa a segunda posição no ranking nacional da geração distribuída solar fotovoltaica no Brasil. O estado possui atualmente 43.439 sistemas em operação, que abastecem cerca de 53.054 consumidores, espalhados por mais de 490 cidades. Ou seja, mais de 90% dos 497 municípios gaúchos já possuem pelo menos um sistema solar fotovoltaico em funcionamento. AI/RC

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui