Engenheiro fala sobre detonação de rochas na BR-386: “Explosivo é acionado através de uma onda de calor”

Foi realizada na manhã desta sexta-feira (27) a primeira das dez detonações de material rochoso no trecho I da duplicação entre Marques de Souza e Lajeado. Trânsito ficou bloqueado entre 10h e 11h30


0
Depois da detonação, o trabalho seguiu com máquinas fazendo a retirada as pedras e terra da pista (Foto: Gabriela Hautrive)

A primeira, das dez detonações que estão previstas no trecho de 20,3 km de duplicação da BR-386, entre Marques de Souza e Lajeado, aconteceu na manhã desta sexta-feira (27), na altura do Km 332 da rodovia, ás 10h30, com meia hora de atraso do horário previsto inicialmente. Os serviços foram executados pela concessionária CCR ViaSul na primeira etapa de detonações de material rochoso no trecho I da duplicação.


OUÇA A EXPLICAÇÃO DO Engenheiro 

 


O coordenador de engenharia da CCR, Fernando Cronst, explica como é feito o processo de explosão. “Usamos a emulsão encartuchada, que é o explosivo que a gente utiliza, e ele é acionado através de uma onda de calor”. O material começou a ser preparado já nas primeiras horas da manhã, com bloqueio no trânsito em ambos os sentidos da rodovia, entre 10h e 11h30. Depois da detonação, o trabalho seguiu com máquinas fazendo a retirada das pedras e terra da pista. “Desmontamos o talude de rocha e vamos usar esse material na obra de duplicação da BR-386”, relata.

Conforme o engenheiro, o serviço envolveu uma equipe com cerca de 100 pessoas. “Tanto da CCR, quanto da empresa contratada, estão ligados diretamente aqui neste desmanche de rocha”, completa. Estão previstas outras nove detonações, que sempre acontecerão de forma intercalada, ou seja, com um dia de intervalo. “Essa primeira prevê retirada de 1 mil m³, com um total de 10 mil m³ nessas dez detonações, e temos previsão de mais nove detonações então até o dia 17 de setembro.

As atividades ocasionam o bloqueio total da rodovia nas proximidades dos locais por cerca de uma hora. Após as explosões, as equipes da CCR ViaSul realizam a limpeza da pista antes de liberar o tráfego. O próximo serviço está previsto para segunda-feira (30), às 15h. O cronograma está sujeito às condições climáticas e pode sofrer alteração. As demais detonações serão nas segundas feiras, dias 6 e 13 de setembro, às 15; quartas-feiras dos dias 1º, 8 e 15 de setembro às 10h e sextas feiras dos dias 3, 10 e 17 de setembro também às 10h.

Moradores tiveram que deixar suas residências

Pessoas que residem próximas ao local da detonação tiveram que deixar suas residências no momento da explosão. Entre eles está Noeli da Silva (68), que mora há 39 anos às margens da rodovia,  cerca de 500 metros do local. Segundo ela, a CCR ViaSul já havia avisado previamente sobre a possibilidade da retirada das famílias.

“Nunca na minha vida acompanhei algo assim. Antigamente, quando eu morava no interior de Marques de Souza, realizaram algumas explosões para abrirem o asfalto. Mas isso, há muitos anos atrás”, lembra. Em entrevista para a reportagem da Rádio Independente, a moradora relatou que não tinha a intenção de acompanhar os serviços de detonação. Mas, diante da repercussão, ficou curiosa para olhar.

Etapas da obra

As obras de duplicação da BR-386, entre Lajeado e Marques de Souza, iniciaram no dia 1º de julho, com a primeira etapa, que contemplava a remoção da vegetação e limpeza no entorno. No dia 15 do mesmo mês, deram um novo passo,  com máquinas trabalhando na retirada de terra e de forma mais efetiva na pista. Nesses primeiros 15 dias de trabalho também foi feita a análise prévia do local, bem como as instalações do canteiro de obras e alojamentos, além da preparação do maquinário. Naquela oportunidade, o local, na altura do km 328 da rodovia, recebeu a primeira visita em evento que marcou de forma oficial o início dos trabalhos no trecho de 20,3 km, entre Marques de Souza e Lajeado.

Programação de detonações

– Segunda-feira: dias 30/08, 06/09 e 13/09 – 15h;
– Quarta-feira: dias 01/09, 08/09 e 15/09 – 10h;
– Sexta-feira: dias 03/09, 10/09 e 17/09 – 10h.

Veja o vídeo 

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui