O deputado Enio Bacci, líder do PDT, dá como certa a saída da sigla da base aliada do governo José Ivo Sartori (PMDB).

Segundo ele, a saída não surpreende ninguém, nem mesmo o próprio governador. Bacci cita que o projeto do PDT em ter candidatura própria nas próximas eleições foi decisivo na escolha do partido, e que a saída não significa que o partido fará oposição ao governo de Sartori. “Com isso nós não vamos pra oposição […] Sairemos do governo para ter uma postura independente: o que for bom para o estado, nós aprovaremos; e aquilo que nós entendermos que não é bom, discordaremos e rejeitaremos”, cita.

O deputado comenta ainda que há alguns nomes para serem candidatos ao cargo de governador nas próximas eleições. Dentre eles está o de Jairo Jorge, ex-prefeito de Canoas. KO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui