Equipes procuram por desaparecidos após enchentes matarem mais de 400 na África do Sul

Temporais atingiram a costa leste do país na terça-feira (12). Estradas foram arrancadas e casas afetadas. Área é apontada como uma das mais afetadas pelo aquecimento global no mundo por cientistas


0
Integrante de uma equipe de resgate vasculha local destruído por enchente neste domingo (17) em Dassenhoek, perto de Durban, na África do Sul (Foto: Rogan Ward/Reuters)

Mais de 400 pessoas morreram na África do Sul por conta das fortes chuvas que atingiram a costa leste do país nesta semana, informou uma autoridade do país neste domingo (17). Equipes de resgate buscam por desaparecidos em meio à expectativa de mais tempo chuvoso.

A maior parte das mortes, em decorrência de inundações e deslizamentos de terra, ocorreu na região da cidade de Durban, um dos principais portos africanos da província de Kwazulu-Natal. “O número de mortos subiu para 443”, disse Sihle Zikalala, ministro da província em entrevista coletiva.

Cerca de 63 pessoas ainda estão desaparecidas. O gabinete do presidente Cyril Ramaphosa disse em comunicado na noite de sábado (16) que ele adiou uma visita de trabalho à Arábia Saudita para se concentrar no desastre. Ramaphosa se reunirá com ministros para avaliar uma resposta à crise.

Fonte: G1 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui