A Escola Estadual Érico Veríssimo de Lajeado, realiza roda de conversa sobre o jogo virtual “Baleia Azul”. O encontro, destinados aos pais, alunos e funcionários, ocorre nesta segunda-feira (15), a partir das 19h30, no auditório do educandário, situado na avenida Senador Alberto Pasqualini, bairro São Cristóvão. Haverá presença da psicóloga Graziela Ely.


Ouça a reportagem


Baleia Azul

O termo jogo da Baleia Azul refere-se a um suposto fenômeno surgido em uma rede social russa, ligado ao aumento de suicídios de adolescentes Acredita-se que o jogo esteja relacionado com mais de cem casos de suicídio pelo mundo, havendo fotos de feridas auto-infligidas compartilhadas em redes sociais, juntamente com as hashtags do jogo.

O termo “Baleia Azul” refere-se ao fenômeno de baleias encalhadas, supostamente suicidas.  O jogo baseia-se na a relação entre os desafiantes e os curadores. O jogo envolverá uma série de tarefas dadas pelos curadores que os jogadores deverão completar, normalmente uma por dia, algumas das quais envolvem auto-mutilação.

Algumas tarefas poderão ser dadas com antecedência, outras poderão ser repassadas pelos curadores no dia, sendo para última tarefa o suicídio.

Acredita-se que o criador desta modalidade de jogo seja o russo Filipp Budeykin, que aliciava jovens e adolescentes para tais grupos de suicídio desde 2013.Preso na Rússia, ele disse que teve intenção de fazer uma “limpeza na sociedade”. LF/Wikipédia

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui