Escola de Lajeado faz drive thru para diminuir a saudade dos alunos

Ação será desenvolvida na manhã deste sábado (27), em frente ao prédio da Emei Entre Amiguinhos, no Bairro São Cristóvão.


0
Escola fica na Rua Fábio Brito de Azambuja, no São Cristóvão (Foto: Reprodução)

Com a inspiração de um versículo bíblico, que convoca para a retomada da esperança, o Círculo de Pais e Mestres (CPM) e a direção da Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Entre Amiguinhos, de Lajeado, fará um drive thru para diminuir a saudade provocada entre os alunos e funcionários durante a pandemia. Será neste sábado (27), das 9h às 10h30, com a adoção de medidas sanitárias.


OUÇA A ENTREVISTA


Há pelo menos cem dias os estudantes e os professores não se veem devido ao crescimento da Covid-19 e as restrições impostas à realização de aulas. A diretora da escola, Débora Beatriz da Silva Queiroz, conta que “estamos cumprindo carga horária no colégio e temos visto algumas crianças caminhando nas imediações e mesmo alguns pais passando com eles de carro e mostrando a escola. Percebemos o quanto o ambiente escolar é importante para as crianças e o quanto está fazendo falta”.

Por isso, a utilização da palavra bíblica, no livro de Levíticos 3:21, que diz “quero trazer à memória o que me pode dar esperança”, fez sentido. A presidente do CPM, Mariana Weizenmann dos Santos, reforça que “queremos trazer à memória das crianças e das famílias um pouco de esperança para seguirmos firmes e fortes nessa caminhada, que sabemos que não é fácil, mas que vamos vencer”.

Mariana tem dois filhos matriculados no colégio, um menino de 4 anos, chamado Artur, e uma menina de 7 meses, Isabela. Como mãe, ela diz que os últimos dias têm sido delicados, por conta da falta do convívio escolar. “Especialmente o meu menino sente muita saudade da escola, das professoras e dos colegas. Como moramos perto do colégio, quando passamos ele fica perguntando quando vai voltar”.

Convite para a atividade que ocorre na manhã deste sábado (27) em Lajeado (Foto: Reprodução)

A proposta é voltada aos alunos, pais e funcionários da escola. Só em trabalhadores são 44 pessoas e em estudantes pelo menos 180. Eles são convidados a irem até o educandário de carro – de onde não poderão sair – para ver os amigos, de longe, e receber um mimo. Haverá personagens infantis para deixar o momento ainda mais mágico. Será a primeira edição para aquecer os corações distanciados pela pandemia.

Texto: Natalia Ribeiro/ jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui