Espanha e Brasil planejam cabo de fibra óptica submarino até 2019


0

Os governos do Brasil e da Espanha se juntaram para ligar os dois países por um cabo submarino no Oceano Atlântico e oferecer serviços online para cidadãos de ambos os países até 2019, ressaltando esforços para desviar as comunicações para fora da América do Norte.

O cabo submarino EllaLink conectará data centers em Madri e São Paulo, assim como em Lisboa, usando anéis de fibra blindada.

A ideia ganhou força quase quatro anos após a ex-presidente Dilma Rousseff e outros autoridades terem sido alvos de espionagem pessoal e econômica por agências de inteligência dos EUA.

O cabo submarino terá 9,2 mil km de extensão. Com potencial de transferir dados a 72 terabytes por segundo, terá cerca de sete vezes a capacidade de comunicação existente entre a América Latina e o resto do mundo, disse Alfonso Gajate, presidente da EulaLink, um dos parceiros no negócio. Não foram dadas estimativas de custos.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui