Espanha pede que bancos cedam casas vazias a afetados por vulcão

Cerca de 6 mil pessoas já tiveram de abandonar seus lares na Ilha de La Palma por conta da erupção


0
Vulcão Cumbre Vieja (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

O governo espanhol pediu, por meio da vice-presidência econômica, Nadia Calviño, que as entidades bancárias do país disponibilizem casas vazias para pessoas que tiveram de deixar suas residências devido à erupção do Cumbre Vieja . As informações são do jornal El País.

Além dos contatos com os bancos, o governo também explicou à população que o Consórcio de Compensação de Seguros, entidade pública que conta com contribuições de seguradoras, tentará agilizar os pedidos de indenização por danos causados ​​pela erupção do vulcão em residências e empresas.

Bruxelas oferece ajuda

O comissário da União Europeira para o Meio Ambiente, Oceanos e Pescas, Virginijus Sinkevicius, disse na terça-feira (21) que a capital da Bélgica, Bruxelas, está “mais do que disposta a oferecer os fundos disponíveis” para aliviar os danos causados ​​pelo vulcão Cumbre Vieja, assim que o presidente da Espanha, Pedro Sánchez, solicitar.

Cerca de 6.000 pessoas já tiveram de abandonar seu lares na Ilha de La Palma por conta da erupção do vulcão, e mais de 180 casas foram destruídas. Segundo o presidente das Ilhas Canárias, Ángel Víctor Torres, os danos na ilha de La Palma serão “muito superiores” a 400 milhões de euros.

Nesta terça-feira (21), quatro novos tremores abalaram a ilha, dois deles de magnitude 3, 2 e 3,0 , seguido de 5,06 e 8,08, respectivamente. Esses terremotos são um pouco mais amenos do que o de segunda-feira às 21h32, que atingiu a magnitude de 3,8, o mais forte desde o início da erupção, segundo o Instituto Geográfico Nacional.

Fonte: IG -Último Segundo 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui