Espero que Bolsonaro vete os R$ 5,7 bilhões do Fundão para campanhas eleitorais em 2022

O valor é um absurdo. É quase o triplo dos R$ 2 bilhões de recursos públicos destinados em 2018


1

Querem nos “roubar”

Espero que o presidente da República, Jair Bolsonaro, vete o valor de R$ 5,7 bilhões que o Congresso pretende extrair dos cofres públicos para financiar a campanha eleitoral deles próprios e dos aliados em 2022. É quase o triplo dos R$ 2 bilhões de recursos públicos destinados a partidos e candidatos na campanha eleitoral de 2018. O valor é um absurdo. As campanhas tendem a ficarem mais baratas, com uso maior das redes sociais, sem necessidade de impressão de material e gastos com combustível e pessoal. Não precisa de mais verba.

Disparate

Não entendeu o que significa R$ 6 bilhões de fundo eleitoral? É simples: os políticos, de todos os partidos e que votaram a favor, em vez de gastarem em saúde e educação para população, vão gastar este dinheiro com propagandas pra tentarem te convencer que eles são ótimos, especiais e maravilhosos. Nos últimos seis anos foram investidos R$ 5 bi em saneamento no Brasil todo. E agora querem usar mais do que este valor para uma campanha eleitoral. Diga não e lute pelo veto por parte do presidente Bolsonaro.

Mais próximos

Os prefeitos de Lajeado e Marques de Souza dialogaram bastante antes do evento de lançamento oficial das obras de duplicação da BR-386, realizado nesta semana. Marcelo Caumo e Fábio Mertz, ambos do PP, sabem que a duplicação vai aproximar mais ainda os dois municípios. O prefeito de Forquetinha não foi ao evento. Apenas os três prefeitos foram convidados, já que são dos municípios contemplados nesta primeira etapa de duplicação. As obras estão ocorrendo e terão novo ritmo a partir de agora.

Menor nível

O Brasil registra atualmente o menor patamar de casos ativos da Covid-19 desde o dia 22 de fevereiro. Nesta semana, havia mais de 813 mil casos sem desfecho da doença no país. Cerca de 120 milhões de brasileiros (41,5% da população) já receberam ao menos uma dose e 32,5 milhões estão totalmente imunizados. No Vale do Taquari, mais da metade da população já recebeu a primeira dose.

De saída

Ex-prefeito de Marques de Souza, o Brida vai sair do PTB. Ele seguirá o caminho de deputados estaduais e federais, que após as brigas envolvendo o presidente nacional Roberto Jeferson e o vice-governador Ranolfo Vieira Jr., também anunciaram que deixarão o PTB na janela de transferência. Brida deverá retornar ao MDB.

Triste

Cenas tristes foram vistas na semana com o incêndio que destruiu o prédio da Secretaria de Segurança Pública do RS, na capital. O sinistro é a perda de um prédio histórico, o comprometimento de serviços essenciais para a população e perda de documentos importantes da área da segurança. E o mais triste, o desaparecimento de dois soldados bombeiros que trabalhavam no combate ao fogo.

Curtas

** O comércio passa por muitas transformações. As vendas por e-commerce cresceram seis vezes. Representavam 0,5% e agora somam 3% do consumo.

** Não se sabe quantos brasileiros não foram vacinados ainda ou não querem a imunização aqui no Brasil. Mas nos Estados Unidos, no Vale do Silício, na Califórnia, cerca de 25% da população não quer e não ira vacinar.

** Quem não está reclamando pelo menos uma vez por semana sobre o aumento dos preços nos mercado ou tem muito dinheiro, não vai ao mercado ou não mora no Brasil.

** Enquanto uma turma fica gritando “Lula, Lula!” e a outra “Mito, Mito!” os deputados petistas e bolsonaristas ajudaram a aprovar o Fundão eleitoral.

** A partir da próxima semana, nossa Coluna terá mais espaço e será somente aos sábados.

1 comentário

  1. É verdade tomara que ele vete, porém em 2018 ele SANCIONOU o fundão eleitoral de 2 bilhões. Seu filho Eduardo, votou essa semana a favor do fundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui