Estado aprova projeto de instalação da UTI Pediátrica em Venâncio Aires

Foi apresentada a viabilidade para até 26 leitos de UTI Pediátrica na macrorregião dos vales


0
Reunião ocorreu nesta terça com a secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann (Foto: Divulgação)

Nesta terça-feira (20), o prefeito de Venâncio Aires, Jarbas da Rosa, e o diretor administrativo do Hospital São Sebastião Mártir (HSSM), Luis Fernando Siqueira, estiveram em reunião com a secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann. O grupo tratou da instalação de uma Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP) junto ao hospital local. Na oportunidade, o Estado aprovou o plano de trabalho do município e apresentou a viabilidade para até 26 leitos de UTI Pediátrica na macrorregião dos vales.

Durante o encontro na sede da Secretaria de Saúde, em Porto Alegre, que contou ainda com a participação virtual da coordenadora regional de saúde, Mariluce Reis, e do coordenador técnico do HSSM, Guilherme Furst Neto, a secretária estadual apresentou estudo indicativo da macrorregião dos vales que indica a necessidade e viabilidade para instalação de 26 leitos de UTI pediátrico. “Estamos aprovando o plano para Venâncio Aires e também é possível a instalação em Lajeado. Não haverá disputa entre os dois municípios. Sabemos que os dois hospitais têm a capacidade de avançar nesse projeto e é isso que estaremos levando ao Governador”, garantiu a secretária Arita Bergmann.

O prefeito Jarbas da Rosa ressaltou o apoio da Associação de Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp) para a instalação da unidade em Venâncio Aires e a conversa antecipatória com o governador Eduardo Leite. O prefeito da Capital do Chimarrão disse que o município está unido no ideal de substituir o projeto anterior de UTI neonatal por uma UTI pediátrica e não medirá esforços para apoiar o Hospital na atração de profissionais e equipamentos de alta complexidade.

A secretária Arita Bergmann solicitou que hospital e Prefeitura sigam o projeto arquitetônico e elétrico para aprovação da Anvisa, enquanto o governador avalia a obra dentro do projeto Avançar Saúde, que será lançado nos próximos dias. “Nossa aprovação já tem. Agora existe um trâmite com as demais secretarias e o próprio governador. No entanto, sabemos que, por questões eleitorais, os recursos e projetos deverão ser repassados ainda esse ano. Portanto, a pressa também é nossa”, garantiu a secretária. AI/CS

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui