Estado assina termo de cooperação para construção de posto do Comando Rodoviário em Gravataí

A previsão é de que a obra inicie-se em maio e seja concluída em quatro meses


0
O investimento será de R$ 500 mil, bancado pela empresa GLP (Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini)

O governo do Estado, por meio das secretarias da Segurança Pública e de Logística e Transportes, assinou, na manhã desta terça-feira (20), um termo de cooperação com a empresa GLP para a construção de um posto do Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) na ERS-118.

“A ERS-118 é um eixo importante entre cidades da Região Metropolitana, por onde trafega boa parte da economia do Estado, em função da concentração que temos de população, de empresas, de toda a logística que está conectada pela rodovia. E, por isso, a construção desse posto de policiamento rodoviário vai possibilitar um atendimento ágil, além de garantir a presença qualificada do nosso batalhão rodoviário, assegurando a segurança de quem por ali trafega, de quem por ali trabalha e de todos que moram nas redondezas”, afirmou o governador Eduardo Leite.

O posto de fiscalização da Polícia Rodoviária Estadual será construído no quilômetro 12,5, em Gravataí, no sentido para Sapucaia do Sul. O investimento será de R$ 500 mil, assumido pela GLP, sem custos para o Estado. A previsão é de que a obra inicie-se em maio e seja concluída em quatro meses. Vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior destacou a importância do novo posto.

“A ERS-118 é uma via em que passam centenas de carros diariamente, e o crime, como se diz, anda sobre rodas. Então, esse posto vai garantir melhor segurança não só aos usuários, mas para a comunidade como um todo”, disse. A iniciativa para a obra se deu na esteira da duplicação dos 21,5 quilômetros entre a BR-116 e a BR-290, na medida em que o aumento de fluxo da rodovia acaba fazendo com que seja necessário reforçar a fiscalização do trajeto.

A instalação do posto neste local diminuirá o tempo de atendimento a ocorrências e aumentará a segurança na rodovia. O governo do Estado, por sua vez, disponibilizará os recursos humanos, equipamentos e veículos para viabilizar a atuação do CRBM no local.

Fonte: Governo do RS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui