Estado atribui um óbito e oito novos casos de Covid-19 ao Vale do Taquari nesta segunda

A vítima é um homem de Teutônia, de 60 anos, que faleceu no dia 6 de abril


0
Foto: Reprodução / Shutterstock

A Secretaria de Saúde do Estado (SES) do Rio Grande do Sul informou um óbito e oito novos casos de Covid-19 entre moradores do Vale do Taquari nesta segunda-feira (19). A vítima é um homem de Teutônia, de 60 anos, que faleceu no dia 6 de abril.

Tiveram novos casos os municípios de Lajeado (4), Cruzeiro do Sul (2), Tabaí (1) e Teutônia (1).

Em Lajeado, conforme informações da prefeitura, divulgadas nesta segunda-feira (19), eram 13.161 casos confirmados (31 novos), 12.796 recuperados (72 novos), 167 óbitos e 198 casos ativos.

A região chegou a um total de 38.239 casos registrados de coronavírus. Destes, 36.811 são considerados recuperados, além de 758 casos ativos. A taxa de letalidade é de 1,6%, com 670 óbitos reconhecidos pelo Estado.

Leitos de UTI no Vale

Dos 65 leitos de UTI disponíveis no Vale do Taquari, 56 (86,1%) estavam ocupados às 17h desta segunda-feira (19). Eram 14 pessoas em leitos de UTI geral (25%), sem ligação com a Covid-19; dois com suspeita da doença (3,6%); e 40 com confirmação de coronavírus (71,4%).

O Hospital Bruno Born, de Lajeado, tem 30 leitos de UTI, sendo que estavam 28 ocupados (93,3%). São 11 pacientes na UTI Adulta não Covid (39,3%); um com suspeita (3,6%); e 16 confirmados (57,1%) na UTI Covid.

O Hospital Estrela, em Estrela, dispõe de 20 leitos de UTI, sendo que havia 15 pacientes internados (75%). Eram 11 com confirmação para a doença (73,3%); um com suspeita (6,7%); e três não Covid (20%).

O Hospital de Caridade São José, de Taquari, tem 10 leitos de UTI, sendo que oito estavam ocupados (80%), todos com confirmação de coronavírus (100%).

Já o Hospital Beneficente Santa Terezinha, de Encantado, tem cinco leitos de UTI e tinha cinco pacientes internados (100%), todos confirmados para a doença (100%). MF

Vacinação

Conforme consta no “Vacinômetro”, ferramenta disponibilizada pela Secretaria da Saúde do Estado Rio Grande do Sul, o Vale do Taquari tinha 67.886 pessoas vacinadas contra o coronavírus às 17h desta segunda-feira (19). Como a população da região é de 366 mil habitantes, calcula-se que cerca de 18,5% dos moradores já receberam a primeira dose do imunizante. Destes, 19.626 já tiveram a segunda dose aplicada, ou seja, 5,3% dos habitantes da região. Desde a última atualização, realizada na sexta-feira (16), foram contabilizadas mais 1.076 pessoas vacinadas com a 1ª dose, e 2.856 com a 2ª. MF

Estado

O Rio Grande do Sul registra nesta segunda-feira (19), 79 óbitos informados pela Secretaria Estadual da Saúde. Assim, o RS chega a um total de 23.271 mortes em decorrência do coronavírus. Um dos óbitos é de um homem, de 60 anos, que faleceu no dia 6 de abril e foi reconhecido nesta segunda. Também foram contabilizados 828 novos casos, alcançando um total de 922.550. O número estimado de recuperados é de 886.886 (96%) e em acompanhamento 12.319 (1%). Dos 3.383 leitos de UTI disponíveis no Rio Grande do Sul, 2.953 (87,3%) estavam com pacientes internados às 16h desta segunda-feira. A taxa de mortalidade é de 204,5 por 100.000 habitantes e a letalidade aparente é de 2,5 %. Além disso, o Rio Grande do Sul já tem 1.966.334 pessoas vacinadas com a primeira dose; 566.348, com a segunda dose; o que representa 2.532.682 doses aplicadas no Estado. RC

Brasil

O país registrou 1.553 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas e totalizou neste domingo (18) 373.442 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias chegou a 2.878. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +7%, indicando tendência de estabilidade nos óbitos decorrentes da doença.

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h deste domingo. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Já são 88 dias seguidos no Brasil com a média móvel de mortes acima da marca de mil; o país completa agora 33 dias com essa média acima dos 2 mil mortos por dia. Nos últimos 23 dias, a média esteve acima da marca de 2,5 mil.

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui