Estado de SP confirma 1ª morte pela variante delta da covid-19

Confira as informações do programa Correspondente Independente do meio-dia


0
Foto: Reprodução / Shutterstock

O secretário estadual da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, confirmou nesta terça-feira (31) a primeira morte provocada pela variante Delta no estado. A notícia tinha sido divulgada nesta segunda (30) pela secretaria municipal da Saúde de Piracicaba, interior do estado. Questionado em um evento na capital paulista nesta manhã, o governador João Doria (PSDB) se recusou a comentar e disse que o assunto será tratado apenas na coletiva de imprensa nesta quarta (31). De acordo com a secretaria municipal da Saúde de Piracicaba, a vítima é uma mulher de 74 anos, com comorbidade, já vacinada com duas doses do imunizante Coronavac. G1

2º brasileiro e família são retirados do Afeganistão, diz Itamaraty

O governo brasileiro retirou do Afeganistão o segundo cidadão brasileiro que havia pedido para deixar o país junto com a sua família, afirmou o Itamaraty na noite de segunda-feira (30). Na sexta-feira (27), o Ministério das Relações Exteriores tinha informado que retirou um primeiro cidadão brasileiro e que permanecia em “intensa articulação” para resgatar o segundo. Ao todo, 13 pessoas foram evacuadas do Afeganistão. A identidade de nenhum dos resgatados foi revelada. “O governo brasileiro concluiu, com êxito, a retirada do Afeganistão de dois nacionais brasileiros, bem como de suas famílias, que haviam solicitado auxílio do Itamaraty para deixar aquele país”, afirmou o ministério em nota. “Todos se encontram em boas condições de saúde e em segurança”. G1

Ministério da Saúde lança nova mascote, ‘Rarinha’, para ações sobre doenças raras

O Ministério da Saúde lançou, nesta terça-feira (31), uma nova mascote, “Rarinha”, para ações sobre doenças raras no Brasil. A mascote, criada com o símbolo do teste do pezinho, terá a missão de disseminar informações sobre as cerca de 8 mil doenças raras conhecidas até hoje. No Brasil, 6 delas são diagnosticadas pelo teste do pezinho oferecido no SUS – número que será ampliado em 2022. Participaram do lançamento o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mayra Pinheiro, e o secretário-executivo do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Mauro Junqueira. G1

Santa Cruz do Sul terá Oktoberfest adaptada à pandemia

Diferente da tradicional festa de anos anteriores em Santa Cruz do Sul, a 36ª Oktoberfest terá formato diferente nesta edição, nos dias 7 a 12 de outubro e de 15 a 17 de outubro. A presidente da Oktoberfest 2021, Roberta Pereira, informou que a programação terá formato especial e diferente em virtude da pandemia. Por isso, destacou que o principal objetivo é focar na segurança dos prestadores de serviços, trabalhadores e visitantes. O novo formato do evento, com realização da Associação de Entidades Empresariais (Assemp) e do município, continua com atrativos que destacam a cultura, a música e a gastronomia. A organização pretende apoiar as empresas, prestadores de serviços, trabalhadores do setor de eventos e os artistas locais, que foram prejudicados pela pandemia. Somente pessoas já vacinadas poderão participar da 36ª Oktober. Correio do Povo

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui