Estado garante pagamento de diárias de novos leitos de UTIs

Com custo médio diário de R$ 1,6 mil por leito de UTI, o valor mensal a ser investido pelo governo está estimado em R$ 6,7 milhões.


0
Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Como parte da estratégia de ampliação da estrutura hospitalar para atendimento de pacientes com Covid-19, o Rio Grande do Sul criou 286 novos leitos de UTI, que estão prontos para operar. Como a habilitação – que garante o pagamento dos custos – ainda não foi feita pelo Ministério da Saúde, o governador Eduardo Leite anunciou nesta segunda-feira (4) que garantirá as diárias dos leitos sob gestão estadual até que os repasses sejam regularizados pelo governo federal.

Com custo médio diário de R$ 1,6 mil por leito de UTI, o valor mensal a ser investido pelo governo nos 136 leitos estaduais, distribuídos em 18 hospitais, está estimado em R$ 6,7 milhões. Há ainda outros 150 novos leitos prontos, em 19 hospitais, que estão sob gestão dos municípios, a quem o Estado pede que tomem a mesma medida. O investimento por parte das prefeituras somaria R$ 7,4 milhões por mês.

Fonte: Portal do Governo do RS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui