Estátua queimada de Melania Trump é retirada na Eslovênia

Escultura em tamanho natural da primeira-dama dos EUA ficava em frente à cidade onde ela nasceu.


0
Imagem de arquivo mostra estátua de madeira representando a primeira-dama dos EUA, Melania Trump, em Rozno, perto de sua cidade-natal Sevnica, na Eslovênia (Foto: Reuters/Borut Zivulovic)

A escultura de madeira queimada da primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, foi retirada em Rozno, perto de sua cidade natal, Sevnica, na Eslovênia. O incêndio aconteceu na noite de 4 de julho, quando os norte-americanos comemoraram o Dia da Independência dos EUA.

Brad Downey, um artista norte-americano que mora em Berlim, afirmou à Reuters que ele removeu a escultura queimada e desfigurada em tamanho natural assim que a polícia o informou do incidente, em 5 de julho.

“Quero saber por que eles fizeram isso”, disse Downey.

O escultor afirma que esperava que a estátua fomentasse um diálogo sobre a situação política nos Estados Unidos, destacando o status de Melania Trump como imigrante casada com um presidente que jurou reduzir a imigração.

Em Washington, o gabinete de Melania Trump não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Nas últimas semanas, o presidente dos EUA, Donald Trump, prometeu adotar atitude dura contra qualquer pessoa que destrua ou vandalize monumentos históricos dos EUA, no momento em que o ativismo político contra a injustiça racial se espalhou por todo o país.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui