Estiagem histórica obriga mais de 50 cidades do Sudeste, Sul e Centro-Oeste a racionarem água

Falta de chuvas também afeta a navegação e contribui para o desequilíbrio do ecossistema


0
Foto: Agência Brasil

A estiagem histórica que atinge o Brasil neste ano já obriga pelo menos 53 municípios de cinco Estados a racionarem água, afeta a navegação e contribui para o desequilíbrio do ecossistema nas Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País.

Na lista de cidades com rodízio no abastecimento, aparecem até grandes centros urbanos, como Curitiba (PR) e a sua Região Metropolitana, de acordo com informações divulgadas pelo jornal O Estado de S.Paulo.

As bacias dos rios Grande, Paraná, Paranapanema e Paraguai – que banham São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul – estão sob os efeitos da estiagem severa. Segundo o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico, por exemplo, o Brasil teve a menor entrada de água nos reservatórios dos últimos 91 anos no período chuvoso de setembro de 2020 a março deste ano.

No Paraná, além da capital, outras 28 cidades da Região Metropolitana estão com rodízio de 36 horas com água e outras 36 sem fornecimento. A Companhia de Saneamento do Paraná disse que a medida foi necessária para afastar a possibilidade de colapso no sistema de abastecimento.

Veja a lista de cidades que estão sob regime de racionamento de água:

– Mato Grosso: Tangará da Serra, Várzea Grande, São José dos Quatro Marcos, Nova Brasilândia e Planalto da Serra

– Mato Grosso do Sul: Coxim e Corumbá

– Minas Gerais: Bom Jesus de Cardosos, Bugre, Campanha, Coluna, São Gonçalo do Sapucaí e Santa Efigênia de Minas

– São Paulo: Itu, Bauru, Salto, São José do Rio Preto, Santa Fé do Sul, Catanduva, Santa Cruz das Palmeiras, Rio das Pedras e Araçoiaba da Serra

– Paraná: Curitiba, Adrianópolis, Agudos do Sul, Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo do Tenente, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Contenda, Doutor Ulysses, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Lapa, Mandiritiba, Piên, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Quitandinha, Rio Branco do Sul, Rio Negro, São José dos Pinhais, Tijucas do Sul, Tunas do Paraná, Santo Antônio do Sudoeste e Pranchinha

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui