“Estoque de sangue O- está crítico” diz enfermeira do Hemovale de Lajeado

Nesta segunda-feira (14) é celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue. Em Lajeado, demanda no momento é por tipo sanguíneo O-; demais grupos estão com estoque estável


0
Hemovale de Lajeado atende de segunda a sábado com agendamento de horários (Foto: Gabriela Hautrive)

Com objetivo de homenagear doares e incentivar que outras pessoas façam o mesmo, o Dia Mundial do Doador de Sangue é celebrado nesta segunda-feira, dia 14 de junho. De acordo com levantamento do Ministério da Saúde, apenas 1,6% da população nacional é doador de sangue, ou seja, a cada mil brasileiros, somente 16 doam. Diante disso, conforme a enfermeira responsável técnica pelo Hemovale – Banco de Sangue de Lajeado, Marina Vieira, a data é uma forma de conscientização sobre a importância de praticar a ação, sendo um ato que pode salvar muitas vidas. “As pessoas se mobilizam um pouco mais, as empresas parceiras também nos procuram e ajudam na data para tentar conscientizar mais as pessoas e manter o estoque do Hemovale estável”, relata.


ouça a reportagem

 


Além deste 14 de junho, em que existem ações durante todo o mês em alusão ao Junho Vermelho, considerado um período de incentivo a doação de sangue, outra data que também faz com que o banco de sangue de Lajeado receba mais visitantes é o dia 25 de novembro, em alusão ao Dia Nacional do Doador de Sangue.

Enfermeira responsável técnica pelo Hemovale, Marina Vieira (Foto: Gabriela Hautrive)

Segundo a enfermeira, atualmente Lajeado está carente de sangue do tipo O-. “É o doador universal e o estoque está critico, os demais grupos está estável”, explica. Através de campanhas, o local busca sempre manter as quantidades necessárias de sangue em estoque. Porém, durante a pandemia, algumas ações foram prejudicadas. “Em alguns períodos ficou crítico e diminuiu. Depois, com alguns doadores fidelizados, conseguimos manter o estoque estável. Mas, neste momento, o que precisamos mesmo é o O-, que é o doador universal”, reforça a profissional.

Quem for doador e quiser contribuir com o Hemovale de Lajeado, o recomendando a que faça um agendamento prévio. “Estamos tendo todos os cuidados para evitar aglomeração, então pode ligar para o (51) 3758-0442, agenda sua doação para ser mais rápido e para não ficar tanto tempo esperando”, pondera. Além dos cuidados de pesar no mínimo 50kg, estar em boas condições de saúde e respeitar que a primeira doação seja feita até os 60 anos de idade, existe outras regras também envolvendo a vacina contra a Covid-19. “Quem faz a vacina deve aguardar sete dias para poder fazer a doação e quem teve a doença aguardar 30 dias depois de curado”, explica a enfermeira.

Existem também as pessoas que estão dentro das regras exigidas para doação, porém falta coragem para realizar a atividade. Um exemplo de quem superou o medo e passou a ser doadora de sangue é Roseli dos Santos Merlo (57), moradora de Lajeado, que fez mais uma, entre tantas doações já realizadas, na manhã desta segunda-feira (14) no Hemovale. “Eu sempre quis ser doadora, mas não tinha coragem, até que um vizinha ficou doente e precisou de muitos doadores, então criei coragem e depois disso nunca mais parei.”

Roseli dos Santos Merlo (57), moradora de Lajeado, fez sua doação na manhã desta segunda-feira (14) (Foto: Gabriela Hautrive)

Roseli pretende seguir com as ações por muitos e muitos anos e deixa um recado para quem ainda não é doador. “Venham, não dói tanto, é uma picadinha, passa rápido. As enfermeiras são muito queridas e atenciosas. Vale a pena, a gente se sente realizada”, relata. Doar sangue é um gesto de de bondade, segundo define a lajeadense. “Mil vezes poder ajudar as pessoas do que precisar, é algo muito lindo, sempre que eu conseguir e puder eu quero doar sangue”, destaca.

Quem pode doar?

• Estar em boas condições de saúde;

• Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, clique para ver documentos necessários e formulário de autorização, que deverá ser assinado no Banco de Sangue pelo responsável)

• Pesar no mínimo 50kg;

• Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas)

• Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação)

• Apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social)

Respeitar os intervalos para doação

• Homens – 60 dias (máximo de quatro doações nos últimos 12 meses)

• Mulheres – 90 dias (máximo de três doações nos últimos 12 meses).

Banco de Sangue Hemovale

O Banco de Sangue Hemovale de Lajeado está localizado junto ao Hospital Bruno Born, na Avenida Benjamin Constant, 881, no Centro. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h e aos sábados das 7h30 às 11h (somente com agendamento). O telefone para contato é: (51) 3748-0442. Mais informações também podem ser obtidas no site hemovale.com.br.

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui