Estrela busca assinaturas para estabelecer a logística reversa para pilhas, baterias e lâmpadas

Evento na manhã desta quarta-feira (7) na sede da Amvat marcou o segundo passo da administração no cumprimento da legislação nacional.


0
A bióloga e coordenadora da Sala Verde Regiane Mallmann apresentou os detalhes do Termo de Compromisso. (Foto: Nícolas Horn)

Integrando a programação da Semana do Meio Ambiente de Estrela, iniciou na manhã desta quarta-feira (7) a busca por assinaturas para o Termo de Compromisso Ambiental com estabelecimentos que comercializam lâmpadas, baterias e pilhas. Integrantes da Secretaria do Meio Ambiente e Saneamento Básico apresentaram os principais pontos do documento para empresários locais na sede da Amvat.

O objetivo é implantar a política de logística reversa, conforme previsto na Lei Nacional de Resíduos Sólidos. Ao todo, 57 estabelecimentos devem firmar o termo, cujo processo teve início em 2016, quando houve uma audiência com a participação do Ministério Público (MP).

A bióloga e coordenadora da Sala Verde Regiane Mallmann explica que é preciso que cada ator social compreenda a sua responsabilidade no processo. “Para que as coisas se concretizem é necessário que cada um saiba das suas responsabilidades, administração pública, fabricantes, comerciantes e consumidor. É muito importante que nesta fase os consumidores saibam que é logística reversa é quando se compra um produto, neste caso pilhas e lâmpadas, ele retorne ao estabelecimento para que possa ser dada a destinação adequada”, relata.


ouça a reportagem


No Brasil, apenas 6% das lâmpadas são recicladas, enquanto o índice na Europa, por exemplo, o índice chega a 80% segundo o institutos Ipea e Cempre. Em relação ao custo, Regiane cita que o valor já é aplicado no custo. “Os comerciantes hoje tem uma certa resistência, mas desta comercialização, retornam apenas 20%. Esse custo inicial que muitos falam já está na cadeia. O que todos nós teremos é o ganho ambiental. “

Nesta quinta-feira (8) ocorrem ações com os agentes mirins de Educação Ambiental da Sala Verde/Emef Odilo Afonso Thomé, às 9h. Estes oportunizarão a distribuição de folders da coleta seletiva no centro da cidade. Às 14h, será realizada a reunião mensal do Conselho do Meio Ambiente, na Câmara de Vereadores. Já na sexta-feira (9), representantes da Secretaria do Meio Ambiente participam, em Antônio Prado, de reunião do Comitê de Gerenciamento da Bacia Taquari-Antas. NH

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui