Estrela fecha 30 dias sem mortes por Covid-19 nesta quarta-feira, informa secretário de Saúde

"Se vê que a vacinação está dando resultado", destaca Celso Kaplan, o Lelo. Município, um dos mais adiantados na imunização contra a covid no estado, ampliará a aplicação do imunizante para a faixa etária dos 35 anos ou mais na próxima semana 


0
Celso Kaplan, secretário de Saúde de Estrela (Foto: Rodrigo Gallas)

Estrela está fechando 30 dias sem mortes por Covid-19 nesta quarta-feira (7), informa o  secretário de Saúde, Celso Kaplan, o Lelo. “Se vê que a vacinação está dando resultado”, destaca. O município, um dos mais adiantados na imunização contra a covid no estado, com mais de 60% do público-alvo (pessoas acima dos 18 anos) com a primeira dose (D1) aplicada, ampliará a faixa etária para receber a vacina aos 35 anos ou mais na próxima semana.

Lelo revelou a informação, de forma exclusiva, em entrevista ao programa Panorama da manhã desta quarta-feira (7). Os detalhes serão divulgados nos canais da Prefeitura de Estrela.

“Pelo que estamos planejando vamos terminar antes do programado pelo Estado — em setembro. [..] Não quer ser otimista demais, mas penso que na metade ou final de agosto estaremos terminando”, projeta Lelo em relação a imunização de toda população estrelense acima de 18 anos.

Confira, abaixo, a programação de vacinação da semana divulgada pela prefeitura de Estrela

Nesta quarta-feira (7) está sendo realizada etapa exclusiva para a classe industrial, conforme pré-agendamento realizado pelas empresas junto à Saúde (via Whats 99127-9045). Na quinta (8) será a vez de gestantes (é necessário sempre levar a carteira de gestante), puérperas e lactantes com bebês de até 6 meses (levar a certidão do bebê). A mesma ocorrerá no Posto Central. Estas etapas são realizadas uma ou duas vezes por semana, de acordo com a procura e o agendamento, mas de acordo com um levantamento da equipe de saúde do município, em comparação com as mulheres que realizam o Pré-Natal pelo SUS, a procura desta classe está baixa.

38 anos ou mais na sexta-feira

Na sexta (9) será realizada etapa de D1, no Parque Princesa do Vale, das 8h às 12h, no mesmo modelo das demais etapas: drive thru (entrada pela Rua Bruno Schwertner) e pessoas a pé (estas pelo portão central da Júlio de Castilhos). O que muda é a faixa etária, que baixará dois anos em relação à etapa de segunda-feira.

Serão vacinadas pessoas com 38 anos ou mais; e demais grupos prioritários como educadores; motoristas; pessoas com comorbidades e demais especificidades acima dos 18 anos, como ter Síndrome de Down; estar vivendo com HIV/Aids; ou deficiência permanente. Para estes, entre as exigências está a de apresentar receita médica atualizada (últimos 6 meses) ou laudo médico que comprove a comorbidade (com CID, especificada a patologia). Para todos, é necessário comprovante de residência; documento de identidade com CPF e a utilização de máscaras. A doação de roupas será aceita.

Dose complementar

No sábado (10) a etapa será para a aplicação da dose complementar (D2) da AstraZeneca, para quem foi vacinado há três meses, no dia 17 de abril. Necessário levar a caderneta de vacinação cedida na ocasião.

Texto: Rodrigo Gallas
web@indepenente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui