Estrela realizará mutirão de limpeza contra dengue no sábado

Iniciativa do Governo de Estrela será focada no Bairro Imigrantes e espera contar com a colaboração prévia da população e a respectiva participação na manhã da ação


0
Foto: Rodrigo Angeli / Divulgação

Será realizado no sábado (19) mais um mutirão de limpeza contra a dengue em Estrela. A ação, sucesso em sua primeira edição no ano passado, será focada desta vez no Bairro Imigrantes e irá ocorrer das 8h às 11h. Ao longo da manhã serão realizadas visitas a lares, passadas orientações a moradores e promovida a limpeza de pátios de casas, ruas e terrenos baldios, entre outras ações. Promovida pelo Governo de Estrela, por meio da Vigilância Ambiental e Epidemiológica da Secretaria da Saúde, com participação da Secretaria de Infraestrutura Urbana, a iniciativa espera contar com a colaboração dos moradores.

Em maio de 2021, a ação foi realizada no Bairro Moinhos, que na ocasião foi o escolhido por ser o que mais registrava casos de pessoas contaminadas pelo vírus, e local onde, inicialmente na época, foram encontrados mais focos com larvas do mosquito em visitas prévias da Vigilância Ambiental e Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde. Cerca de 70% dos casos confirmados eram de moradores locais. Na ação, ao todo foram recolhidas 12 cargas de materiais diversos, sendo uma inteira de pneus velhos, que quando abandonados em ruas e terrenos é um dos mais propensos a acumular água e assim proporcionar o surgimento das larvas do mosquito transmissor Aedes aegypti.

Foram outras quatro cargas de móveis velhos e diversos produtos, muitos dos quais os moradores não sabiam que destino dar, além de mais sete de entulhos, restos de construção, plásticos, vidros e lixo verde. A quantidade surpreendeu e não foi possível completar todo o bairro. Novas edições, inclusive em outros bairros, não foram realizadas até então devido à pandemia.

Foto: Rodrigo Angeli / Divulgação

A escolha do Bairro Imigrantes, agora, se dá por alguns motivos, segundo a coordenadora da Vigilância Ambiental e Epidemiológica, Carmen Liane Hentschke. “Nas visitas dos agentes de endemias ao bairro e respectivas casas, foi um dos locais onde mais se registrou domicílios e terrenos baldios com a presença de elementos com água acumulada e que são potenciais criadouros dos mosquitos”, explica. “Foi também onde coletamos grande número de amostras, não necessariamente de larvas do mosquito da Dengue, pois ainda estamos esperando por resultados, mas o que já nos deixa em alerta”, frisa ela, apesar de nenhum caso da doença no município ter sido confirmado pelo Laboratório Central do Estado (Lacen). “São cinco casos suspeitos, testados através de testes rápidos de laboratórios particulares, sendo alguns de pessoas que trabalham em Estrela, mas não moram aqui, e sim em cidades com incidência da doença. Mas precisamos tomar cuidado com todos estes casos, pois podem ser eles transmissores da doença caso sejam picados por outros mosquitos da espécie Aedes aegypti, que se infectam e passam a ser potenciais contaminadores”, explica ela.

Ajuda

O secretário de Saúde do município, Celso Kaplan, convocou a população a colaborar. “Nossa equipe solicita aos moradores locais para que realizem uma espécie de limpeza, retirando dos pátios ou terrenos baldios tudo que possa acumular água, como plásticos, garrafas, latas, pneus e outros. Ainda, para facilitar a coleta, que estes sejam depositados e organizados nas calçadas com antecedência e, quando não, que seja facilitado o acesso de nossos agentes”, pede.

“Precisamos contar com a ajuda de todos, e que se trata de uma ação que visa a saúde dos moradores e familiares. Por isso pedimos, dentro do possível, uma pequena dedicação nessa limpeza prévia dos locais, o que vai facilitar muito o trabalho geral”, frisa.

Comitê

Outra medida será a formação de um comitê municipal de mobilização reunindo líderes comunitários dos bairros. Uma reunião entre estes e convidados está agendada para a manhã desta quarta-feira (16), às 9h, na sede da secretaria, no Bairro Oriental. “Tendo em vista aumento da infestação do mosquito Aedes aegypti na nossa região, o que consequentemente também pode afetar nosso município, estamos convidando representantes de nossa comunidade a nos ajudarem a formar um comitê municipal de mobilização, com o qual pretendemos aumentar a fiscalização e a eficácia no combate do mosquito da Dengue no nosso município. Para um controle vetorial mais eficaz precisamos unir forças em ações mais contínuas e de responsabilidade coletiva, sejam estas como o mutirão, ou outras mais restritas e menores, desta forma contribuindo na prevenção contra doenças como a Dengue, Chikungunya e Zika.”

Mais informações pelos telefones (51) 3981-1136 e (51) 3981-1042. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui