Estrela renova parceria com o Colégio Martin Luther

Instituição de ensino recebe verba federal para auxílio no atendimento a crianças da Educação Infantil


0
Foto: Rodrigo Angeli / Prefeitura de Estrela

A Prefeitura de Estrela, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Smed), renovou por mais um ano a parceria com Sociedade Evangélica Educacional de Estrela (SEEE), mantenedora do Colégio Martin Luther. A parceria beneficia os alunos matriculados na Educação Infantil da instituição, dos 4 meses aos 6 anos de idade. Para isso, são repassados recursos federais do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), investidos na qualificação técnica e profissional da equipe e estrutura.

Seguindo os protocolos de segurança, na última sexta-feira (5), foi realizada a reunião para assinatura do termo no gabinete do prefeito de Estrela, Elmar Schneider, e contou ainda com a presença de Elisângela Mendes, titular da Smed, Elenir Dresch, presidente da SEEE e Andréa Desbessel, diretora do CML. Na ocasião, também foi abordada a retomada das aulas presenciais, em virtude das restrições impostas pelo modelo de Distanciamento Controlando no RS. “2020 trouxe muitos aprendizados para todos, nos adaptamos e conseguimos superar os desafios. Agora não é diferente, mas estamos preparados para qualquer que seja a decisão dos órgãos competentes – se permanecemos no sistema de aulas remotas, híbridas ou presencial”, destacou Elenir Dresch.

A diretora Andréa Desbessel complementou. “Assim que o retorno presencial for liberado, o CML estará pronto para receber nossos alunos. Investimos muito na estrutura e treinamento da equipe, temos o acompanhamento constante do Comitê de Crise, composto por profissionais da área da saúde, o que nos dá tranquilidade e segurança para tomada das decisões”, salientou.

O chefe do Poder Executivo comemorou o apoio da instituição, o entendimento das decisões necessárias tomadas pelo governo e celebrou a parceria. “É um momento de cada um ceder e colaborar um pouco. Só assim vamos superar esta fase que não é boa para ninguém. E assim, unidos como nesta parceria, é que avançamos para superarmos isso tudo”, frisa. A secretária da Smed, Elisângela Mendes, atesta. “Parcerias assim são necessárias e fundamentais, visto o relevante e significativo trabalho realizado por essas instituições no atendimento a estas crianças.” AI/VM

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui