Estudantes do curso de Medicina da Univates entregam donativos arrecadados a comunidades da região

Foram arrecadados mais de 100 agasalhos e cobertores


0
Foto: Divulgação

Os estudantes calouros do curso de Medicina da Univates estiveram mobilizados, ao longo das últimas semanas, realizando ações para uma campanha de arrecadação de agasalhos e cobertores. Os itens reunidos pelos estudantes foram entregues recentemente às comunidades indígena Foxá, de Lajeado, e quilombola Vô Theobaldo, de Arroio do Meio. A turma do segundo semestre do curso organizou a atividade com a turma de calouros.

Na aldeia indígena, o grupo de estudantes, acompanhado pela coordenadora administrativa do curso e professora de Saúde e Sociedade, professora Claudete Rempel, foi recebido pelo cacique Luis Allan, que detalhou a organização, a história e as práticas de medicina da aldeia. Na comunidade quilombola, o grupo foi acompanhado por Loivo Fuhr, ex-patrão do CTG Querência do Arroio do Meio, que desenvolve projetos com o grupo quilombola e foi o responsável pela articulação da iniciativa.

Foto: Divulgação

A professora Claudete foi a responsável por mobilizar os estudantes para a arrecadação dos itens, ação que aconteceu no módulo de Saúde e Sociedade I do curso. “Quando vi essa campanha, a Aldeia Aquecida, e como realizamos atividades na Estratégia Saúde da Família (ESF) Jardim do Cedro todos os semestres com a turma de bixos de Medicina, pensei que seria interessante propor aos alunos participarmos da campanha e irmos lá entregar os agasalhos e cobertores, aproveitando para conversar com o agente comunitário de saúde indígena e o cacique sobre como está estruturada a aldeia Foxá”, detalha. AI/VM

Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui